Harley-Davidson dá dicas de cuidados com a embreagem



As motos da marca norte-americana contam com algumas singularidades técnicas, já que o conjunto da embreagem, na grande maioria das motocicletas da marca, localiza-se no compartimento primário, separado do motor e do câmbio enquanto a conexão ao motor é feita por meio de corrente.

Estes mecanismos sofrem desgaste natural com o tempo e devem ser substituídos no momento correto. A adoção de cuidados na hora da pilotagem garante a vida útil prevista, sendo que as peças que sofrem mais desgaste são, normalmente, os discos e os chamados separadores, que trabalham em aderência constante quando são acoplados, por meio do óleo lubrificante.

Os processos de deterioração podem acontecer por vícios de pilotagem como o uso incorreto do manete de embreagem em arrancadas bruscas, manter a embreagem acionada por longos períodos durante as paradas com a motocicleta engatada ou conduzir e parar em aclives íngremes, o que superaquece o sistema e diminui a fricção. Também são fatores deteriorantes o uso de óleos lubrificantes com especificações técnicas inadequadas para as motos ou excesso de temperatura.

Os sintomas iniciais do desgaste da embreagem podem ser percebidos com a perda de força ou o não desenvolvimento da motocicleta ao acelerar, além da dificuldade na troca de marchas, principalmente nas primeiras.

Para a manutenção dos sistemas hidráulicos de embreagem são utilizadas técnicas similares às da manutenção do sistema de freio, já que o fluído deve ser inspecionado em relação ao nível do reservatório e a substituição deve acontecer a cada dois anos. Para os sistemas mecânicos, a manutenção inclui, também, a lubrificação do cabo de acionamento e ajuste do parafuso de regulagem, de acordo com a folga especificada no manual de serviço do fabricante. Em ambos os casos, é necessária a substituição do óleo de todo o conjunto primário a cada 16 mil quilômetros.

6 comentários em “Harley-Davidson dá dicas de cuidados com a embreagem

  1. Regulei a embreagem da minha Heritage 2000 afrouxei o cabo mas na hora de ajustar não deu regulagem onde erre

  2. Minha harley dyna super glade da um forte tranco ao ligar e também ao engatar principalmente a primeira marcha,alguém tem alguma dica ?

  3. Estou com problemas na embreagem, minha moto ja esteve na concessionaria e não acharam nenhum defeito, a embreagem fica zerada, por sorte aconteceu 2 vezes na garagem, foi feito recall, mas o problema persiste, por minha conta abri o reservatorio do fluido e constatei que o mesmo estava vazio, para onde esta indo este fluido, só na concessionaria é que não sabem, minha moto esta com 10 mil km é uma Ultra Limited 2017.Muita falta de responsabilidade porque estão esquecendo que a HARLEY-DAVIDSON transporta seres humanos e que um defeito dessa natureza pode causar uma morte. Lamentável

  4. Acho que é um defeito de fábrica. Não vi nenhum outro fabricante de moto publicar tanto cuidado com a embreagem, não parar em aclives então é um absurdo. Erro de projeto, conjunto fraco e sub-dimensionado. Um amigo está sofrendo com uma moto com apenas 26000km dentro da garantia logo apos o recall feito pela concessionária.
    Falta de responsabilidade da Harley Davidson e da sua rede de concessionarias.

  5. Que legal.. muito bom esse conteudo.. ea primeira vez que vejo assunto sobre motos aqui depois que eu comecei a acompanhar a revista.. pois sou mecanico da marca honda e nao tenho visto materia sobre os assunto sobre motocicletas.. muito bom gostei de mais.. que venha mais assuntos assim como estes.. fazem muita diferença em varios aspectos abordados..

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php