Segundo o relatório da BrandZ Top, elaborado pelas consultorias WPP e Kantar Millward Brown, a YPF é a marca mais valiosa da Argentina. O crescimento da petroleira em 2017 foi de 34% e, no ranking geral do relatório, a YPF ocupa o 29º lugar entre as maiores marcas da américa latina, avançando quatro posições com relação à pesquisa anterior, em que ocupava a 33º colocação.

“Este ano pudemos ver claramente o valor das marcas sólidas melhorando e consolidando seu desempenho. O êxito da YPF demonstra o valor de uma marca com foco no desenvolvimento enérgico do país”, diz a consultora sênior da Kantar Millward Brown, Manuela Urratia.

No Brasil, a YPF chegou em 1998, trazendo seus lubrificantes fabricados no CILE (Complexo Industrial de Lubrificantes e Especialidades), em La Plata, Argentina. Posteriormente, passou a produção à terceiros no país, até adquirir em 2015 sua fábrica no município de Diadema (SP). A fábrica tem capacidade de produção de três milhões de litros/mês, podendo ser ampliada para até quatro milhões.

A fábrica produz as linhas Elaion para motores da linha leve e Extravida para motores a diesel, linha industrial e agrícola. “Nosso planejamento bem calculado, que incluiu rápidos ajustes estratégicos às mudanças do mercado, permitiu a YPF do Brasil atingir todas as metas propostas nos últimos dois anos e concluir com sucesso seu programa de retomada do mercado brasileiro. Muito em breve, o Brasil representará relevante parcela dos negócios da empresa, contribuindo decisivamente para a valorização da marca”, comenta o CEO da YPF Brasil, Pablo Luchetta.