17274

Acompanhe nessa matéria as dicas para manutenção preventiva do ar-condicionado e a troca do filtro secador no sistema mecânico do VW Santana 2.0 2006

17303

 

 

Mesmo acostumados com clima quente, os motoristas brasileiros nos dias de hoje sucumbiram ao conforto e ao frescor de um bom ar-condicionado. Tanto em casa quanto no carro, o uso do equipamento passou a ser essencial, inclusive por razões de segurança. O ar-condicionado integra o sistema de climatização do veículo e sua função é retirar o calor e a umidade do interior do veículo.

Inserido na parte eletromecânica do veículo, tem por objetivo permitir que o motorista ajuste a sua temperatura de conforto e, também garantir a segurança veicular. “Ao contrário do entendimento da maioria dos usuários, o sistema de ar condicionado não só inibe o ato de possíveis assaltos, mas é definitivamente reconhecida sua aplicação como item de ‘Segurança Ativa’, pois permite que a pessoa tenha melhores condições de dirigibilidade, por meio do controle de temperatura e umidade que ajuda a evitar acidentes”, explica o instrutor de treinamento da Royce Connect, José Roberto Rodrigues

17257

O circuito de condicionador de Ar é composto dos seguintes componentes:

Evaporador:

Localizado dentro do habitáculo do veículo (na caixa do climatizador), que por sua vez está atrás ou debaixo do painel do veículo. Recebe o fluido refrigerante, no estado líquido a baixa pressão, que absorve parte do calor do interior do veículo reduzindo a temperatura do habitáculo.

17291

Compressor:

Acoplado ao motor do veículo e movido através de uma correia. Sua polia possui uma embreagem eletromagnética controlada remotamente que permite o acionamento do compressor apenas quando necessário. Sua função é fazer circular o fluido refrigerante no circuito de climatização, sugando o fluido (no estado gasoso) na saída do evaporador e descarregando-o no condensador.

17343

Condensador:

Localizado na frente do veículo, geralmente na frente do radiador, tem como função dissipar o calor absorvido pelo fluido refrigerante no interior do habitáculo, liberando-o para o meio externo, mudando a fase do fluido de gasoso para liquido.

17296

Filtro secador:

Está localizado, dependendo do circuito, na linha de alta pressão (entre a saída do compressor e a entrada da válvula de expansão) ou de baixa pressão (entre a saída da válvula de expansão e a entrada do compressor), e, independentemente da posição, sua função é filtrar impurezas tais como as geradas pelo desgaste natural do sistema (compressor), além de absorver uma pequena quantidade de umidade que pode existir no sistema após um reparo.

17263

Dispositivo de expansão (válvula de expansão):

Sua função é reduzir a pressão do fluido, por meio da sua expansão (aumento de volume), e consequentemente a sua temperatura. Existem dois tipos: válvula de expansão termostática e tubo de orifício fixo (“canetinha”).

17267

José Roberto explica que são indicados dois tipos de manutenções para o sistema. “A primeira para aplicação de higienização, como a troca do filtro anti-polén ou pó, também conhecido como filtro de cabine. É recomendada a sua substituição em condições normais a cada seis meses, ou antecipada para três meses em regime severo, ou seja, locais com altos índices de poluição, poeira etc”, comenta.

Caso não seja aplicado o procedimento de troca do referido filtro, o sistema poderá apresentar deficiência no rendimento, pois, com o filtro obstruído, provocará a diminuição do fluxo de ar para cabine do veículo. Sem contar os danos à saúde por conta da proliferação de fungos e bactérias, fator que pode desencadear problemas respiratórios.

17328

Ciclo frigorífico do sistema de climatização de um veículo que possui ar-condicionado

 

Manutenção do sistema

A manutenção indicada neste caso, independente do modelo, é a troca do filtro secador, quer seja de linha de alta ou baixa pressão, e que deve ser feita a cada 2 anos. “A não observação desta manutenção causará saturação da peça, relacionada com a filtragem, impedindo que as partículas sejam retidas, tais como o desgaste natural do sistema que, em circulação, bem como a alta pressão no sistema, provocará danos no circuito, como entupimento do dispositivo de expansão, ou até mesmo avarias no compressor”, alerta.

17329

Desmonstração em corte do filtro secador

Outras manutenções corretivas dependem das características do defeito apresentado pelo cliente. “Se o veículo não está gelando, pode ser uma série de problemas. Para início do diagnóstico, comece verificando se há fluido refrigerante no circuito. Isso é feito com a instalação do equipamento conjunto de ‘manifold’ para checar se há pressão (fluido refrigerante). Depois, recolha o fluido e verifique a quantidade, e compare com a indicação do fabricante, iniciando o diagnóstico pela observação de falta ou excesso”.

17270

Manômetro (conjunto de “manifold”) utilizado no reparo do sistema de climatização

 

Ele esclarece que, dependendo do que se encontra a partir desta aplicação, passa a ser indicada uma determinada sequência para e correção do defeito. Por exemplo: se houver falta de fluido refrigerante, o vazamento deve ser localizado. Se houver excesso de fluido refrigerante, deve ser feita a correção da quantidade conforme a indicação do fabricante.

Vamos acompanhar a manutenção que envolve a troca do filtro secador de um Volkswagen Santana 2.0 2006. Para isso, use sempre os EPIs. Você também vai precisar utilizar uma máquina recolhedora e recicladora do fluido refrigerante.

 

17349

Máquina recolhedora de fluido refrigerante e óleo do sistema

 

Troca do filtro secador

1) Comece conectando o equipamento recolhedor de fluido refrigerante. Isso é necessário, pois somente com o sistema vazio e sem pressão é indicada a remoção do componente.

17326

2) Encaixe as mangueiras do equipamento recolhedor com as conexões de serviço do sistema condicionador de ar do veículo. Em seguida, acione os registros e observe através dos ponteiros dos manômetros que indicam se há pressão no sistema. Prossiga com o comando de recolhimento e a máquina irá retirar todo fluido refrigerante do circuito, que será reciclado, mas, por hora, será armazenado no cilindro do equipamento para reposição ao final da operação.

17335

Obs: Toda manutenção no sistema de condicionador de ar deve ser efetuada somente com o sistema despressurizado.

3) O próximo passo é remover as conexões elétricas do componente, que são pressostatos. Especificamente neste Santana, encontram-se no filtro secador.

17352

4) Em seguida, faça a soltura e remoção das conexões de entrada e saída do filtro secador.

17295

5) Durante o procedimento, é importante que as conexões junto ao filtro sejam imediatamente fechadas e isoladas, até a instalação de uma nova peça, evitando que o sistema permaneça aberto e exposto à umidade. Depois de remover as conexões, sele as pontas com filme plástico ou tampas apropriadas.

17262

6) Logo após, faça a remoção da fixação do filtro junto a longarina do veículo.

17297

7) Reserve o novo filtro secador, que deve estar hermeticamente fechado e pressurizado com N² (nitrogênio) e somente ser aberto no exato momento de sua instalação no circuito. Na hora da aplicação, o torque recomendado nas conexões da tubulação é de 25 Nm.

17321

Obs: Após a montagem, faça aplicação do processo de vácuo e depois retorne o fluido refrigerante reciclado de dentro da máquina na quantidade indicada pelo fabricante. Efetue também o teste de rendimento.


 

Mais Informações:
Royce Connect (11) 4434-8000