Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Trem de força é destaque no Chevrolet Sonic

Compacto da Chevrolet é equipado com o esperto motor Ecotec 1.6 e transmissões automática ou manual de cinco velocidades. Um belo powertrain cheio de tecnologia e um sistema de injeção eletrônica próprio da GM

15388

Ele tem visual moderno e traz as últimas tendências em tecnologias bem distribuídas dentro e fora do cockpit. Duas versões de carroceria, hatchback e sedã, e um conjunto de trem de força que era novidade para a General Motors do Brasil. Estamos falando do Chevrolet Sonic, que desembarcou no país em 2012 e ainda não estourou de vendas, mas joga seu charme pelas ruas e estradas brasileiras com louvor.

15387

O compacto premium da Chevrolet chega na linha 2014 com as mesmas versões LT e LTZ, sempre oferecendo duas opções de transmissão manual de seis marchas e automática de seis marchas respectivamente. A versão que rodamos foi a automática, com seis marchas, a mesma que equipa a linha Cruze.

15385

Debaixo do capô, o motor 1.6 16V Ecotec têm fôlego e versatilidade, tudo conseguido com muita tecnologia e novos componentes. O cabeçote tem duplo comando de válvulas continuamente variável (Dual CVVT), com variação do tempo de abertura das válvulas de admissão e de escape. O coletor de admissão é variável, que de acordo com a marca, fica “curto” para ser utilizado em altas velocidades, quando o carro necessita de potência. Ou seja, respostas mais rápidas em qualquer faixa de torque.

As bielas ao invés de fundidas são forjadas, conferindo mais durabilidade e performance, uma vez que também equipam carros de corrida. O cabeçote e o cárter são feitos de alumínio, e o bloco conta com galerias internas para refrigeração, desenvolvidas de maneira que a temperatura no cabeçote seja menor, melhorando o nível de ignição, reduzindo o atrito entre os componentes e reduzindo também o consumo de combustível. Uma novidade no segmento: o filtro de óleo é ecológico e o lubrificante forma jatos que reduzem o atrito e aumentam a potência.

15389

Toda essa configuração permite que o motor atinja a potência de 120 cv quando abastecido com etanol e 116 cv com gasolina, ambos a 6.000 rpm. O torque máximo é de 16,3 kgfm e 15,8 kgfm com etanol e gasolina respectivamente, ambos na faixa de rotação de 4.000 rpm. A fabricante detalha que 90% do torque é disponibilizado a partir das 2.200 rotações. Com freio motor mais potente, esse sistema permite redução do consumo e do desgaste dos freios.

Complementando o trem de força, a versão top de linha LTZ é equipada com transmissão automática G F6 de seis velocidades, com opção de mudanças no modo sequencial, oferecendo a escolha de uma dirigibilidade mais confortável ou esportiva. O câmbio se adapta às diferentes situações de pista através de um sensor de inclinação que modifica as marchas de acordo com a necessidade do momento. A transmissão reduz marchas para ajudar a segurar o carro em descidas, mesmo sem a intervenção do condutor e em subidas evita automaticamente trocas desnecessárias de marcha.

15381

Em relação à dirigibilidade, o Sonic se destaca, com uma condição bem agradável e estável ao mesmo tempo. A suspensão dianteira, do tipo McPherson, é independente com molas helicoidais e barra estabilizadora e a traseira conta com eixo de torção. Trabalhando em conjunto, propiciam mais estabilidade e equilíbrio durante o tráfego. O Sonic também possui sistema de direção hidráulica progressiva, oque torna as manobras bastante suaves. OS freios ABS e Air bags são equipamentos de série em todas as versões.

15383

15384

A versão LTZ é equipada com itens de série da versão LT, como ar-condicionado, airbags dianteiros, direção hidráulica, computador de bordo, ABS com EBD, trio elétrico, rodas em liga leve aro 15, desembaçador do vidro traseiro, além de equipamentos adicionais como sensor de estacionamento, faróis de neblina dianteiros, apliques cromados nas maçanetas internas, friso lateral cromado, rodas em liga leve aro 16, com pneus 205/55 R16, descansa braço central, controles para o rádio no volante e rede porta-objetos no porta-malas. O Chevrolet Sonic 2014 tem os seguintes preços sugeridos:

Chevrolet Sonic Hatch LTZ 1.6: a partir de R$ 56.690
Chevrolet Sonic Sedan LTZ 1.6: a partir de R$ 59.690
Chevrolet Sonic Hatch LT 1.6: a partir de R$ 48.390

Ficha técnica

MOTOR
Modelo: LFJ – 1.6 DOHC Flex
Disposição: Transversal
Número de cilindros: 4 em linha
Cilindrada: 1.598 cm3
Diâmetro e Curso: 79,0 x 81,5 mm
Válvulas: DOHC, quatro válvulas por cilindro (Dual CVVT)
Taxa de compressão: 10,8:1
Potência: Etanol: 120 cv a 6.000 rpm / Gasolina: 116 cv a 6.000 rpm
Torque: Etanol: 16,3 kgfm a 4.000 rpm / Gasolina: 15,8 kgfm a 4.000 rpm
Rotação máxima do motor: 6.500 rpm
Bateria: 12V, 60 Ah
Alternador: 100 A

TRANSMISSÃO
Relação de marchas – MXP Manual de 5 velocidades;
Primeira: 3,727:1
Segunda: 1,952:1
Terceira: 1,276:1
Quarta: 0,971:1
Quinta: 0,763:1
Ré: 3,545:1
Diferencial: 4,467:1

Relação de marchas – G F6 – Automático de 6 velocidades
Primeira: 4,449:1
Segunda: 2,908:1
Terceira: 1,893:1
Quarta: 1,446:1
Quinta: 1,000:1
Sexta: 0,742:1
Ré: 2,871:1
Diferencial: 3,720:1

SUSPENSÃO
Dianteira: McPherson, independente e barra de torção, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás.
Traseira: Semi-independente com eixo de torção, sem barra estabilizadora, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás.

DIREÇÃO
Tipo: Hidráulica
Direção redução: 16,0:1
Direção número de voltas (batente a batente): 2,85
Diâmetro de giro: 10,44 mm

FREIOS
Tipo: Discos dianteiros, tambor traseiro
Disco diâmetro x espessura: Dianteiro: 256 x 24 mm; traseiro 200 x 35 mm

2 comentários em “Trem de força é destaque no Chevrolet Sonic

  1. Tenho um Sonic que não marca temperatura do motor, esquenta demais e é muito acelerado. O que devo fazer?

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php