Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Sindirepa-SP e SENAI apoiam projeto social de capacitação de mão de obra

O Sindirepa-SP, sindicato que representa 15 mil oficinas o Estado de São Paulo, acaba de se engajar em um projeto social em parceria com a FIESP, através do SENAI, se tornando um dos sindicatos pioneiros a participar do projeto Empregabilidade do Grupo Cultural AfroReggae em São Paulo. De acordo com o Sindirepa-SP, a iniciativa tem como objetivo encaminhar egressos do sistema prisional para o mercado de trabalho, promovendo assim a inclusão social.

16382
Alunos, professores e representantes do Sindirepa-SP e SENAI

O curso na área de manutenção automotiva aconteceu no SENAI-Ipiranga Conde José Vicente de Azevedo, e teve a cerimônia de entrega de certificado de conclusão para a primeira turma do projeto, com 16 alunos, no dia 29 de abril.

Os alunos concluíram os cursos de mecânica ciclo Otto, sistemas de freios e suspensão, funileiro e polidor, e já saem com emprego nas oficinas Art Pres, Evolution, NipoBrasileiro, Supervisão, Vencedor e Dikar, que contrataram dois alunos, enquanto a oficina Dimas que deu oportunidade a cinco. Outros dois alunos ficarão trabalhando no Sindirepa-SP até encontrarem vaga em oficinas. Apenas um aluno não conseguiu concluir o curso, mas receberá treinamento antes de ingressar no mercado de trabalho.

O empresário Douglas Palma, proprietário da Art Pres, contratou um dos alunos desta primeira turma. Para ele, o projeto vem ao encontro das necessidades do setor de reparação de veículos que precisa de renovação de mão de obra. “É uma solução viável que permite angariar profissionais para o setor”, afirma.

O presidente do Sindirepa-SP e Sindirepa Nacional, Antonio Fiola, agradeceu às oficinas que contrataram os alunos do projeto e também a todos os envolvidos que contribuíram para que isso fosse possível, destacando a atuação do diretor do Departamento de Ação Regional da Fiesp, Sylvio Alves de Barros Filho, e também do diretor do SENAI-Ipiranga, Fabio Rocha. Por sua vez, Sylvio de Barros aponta que a primeira etapa foi cumprida e que agora o êxito do projeto depende do empenho de cada aluno na função que irá exercer nas oficinas. Durante a cerimônia, ele fez uma homenagem aos três alunos que tiveram mais dedicação e 100% de frequência durante o curso.

Fabio Rocha salienta que, para o SENAI-Ipiranga, foi muito importante participar de um projeto especial como este que permite oferecer uma nova oportunidade de recomeço na vida das pessoas. ”Durante o curso de 160 horas, o grupo, além de aprender uma atividade, pôde absorver senso de responsabilidade e disciplina que a escola impõe aos alunos”, enfatizou o diretor do Senai.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php