Sindipeças realiza estudo para prever vendas de autopeças

O Subgrupo de Reposição-Frota do Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores) realiza há mais de 20 anos um estudo da Frota Circulante Brasileira e divulga que o País possui 24,3 milhões de veículos com idade média de 9 anos e quatro meses. Para o coordenador da comissão Forecast do sindicato, Eduardo Fischmann, esses resultados são utilizados para a previsão de vendas de autopeças no mercado de reposição.

Atualmente os cálculos são elaborados eletronicamente pelo Sistema de Informações de Frota e Demanda (SIF/SID), o qual considera a demanda por modelo de veículo levando-se em conta a versão e motorização. Em seguida é aplicado sobre eles um coeficiente de mortalidade de 1,5%. Para Fischann, esses veículos são considerados acidentados com perda total ou roubo sem recuperação.

No ano passado, os veículos com idade entre 4 e 20 anos representavam 73% do total e cerca de 6% tinham mais de 21 anos. Segundo a entidade, no Brasil o automóvel tem vida útil de 20 anos e o caminhão 21 anos. Já o percentual da frota circulante passou de 3,5% em 2005 para 4,2% em 2006.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php