fbpx


Palhetas Marelli

Essenciais para a segurança do veículo, as palhetas do limpador do para-brisa precisam estar em bom estado; desobedecer é infração grave

A Magneti Marelli reforça a importância de manter as palhetas dos limpadores de para-brisa em bom estado, especialmente nessas épocas de chuva. O item é essencial para garantir a visibilidade do motorista e, se estiver desgastado ou ressecado, não fará a limpeza corretamente e ainda pode causar danos ao para-brisa.

Alguns sinais de que é hora de trocar as palhetas são: ruídos, trepidações e falhas deixadas no vidro durante a varredura do para-brisas. A empresa alerta ainda para evitar o acúmulo de sujeira no vidro, o que reduzirá o tempo de vida útil da borracha dos limpadores. Nesses casos, o ideal é enxaguar o vidro antes de acionar os limpadores.

Vale lembrar que rodar com equipamentos obrigatórios – como são as palhetas – em condição ineficiente ou inoperante é infração grave e o veículo pode ser multado e até recolhido.

- Publicidade -

A Magneti Marelli possui atualmente 29 códigos de palhetas automotivas que atendem as principais aplicações da frota brasileira, disponíveis na reposição nas versões Standard, com 18 códigos, e Touch Flat, com 11 códigos.

As palhetas Standard possuem corpo metálico com vértebra de aço inoxidável, lâmina com borracha de alta qualidade, estrutura de alta resistência e desenho aerodinâmico. Elas são comercializados aos pares e trazem adaptador universal pré-acoplado compatível com o braço convencional e conexão tipo gancho e baioneta.

Já as palhetas Touch Flat possuem design aerodinâmico, projetado para aproveitar a pressão causada pela força do vento durante a movimentação do veículo, tornando a varredura do para-brisas mais eficaz. Elas têm um conector exclusivo e são fabricadas com borrachas especiais para limpeza suave e silenciosa. Nesse caso, são encontradas em embalagens individuais.