Scania registra recorde em vendas em 2006

A Scania registrou no ano passado a venda de 65.281 veículos e receitas operacionais de 8,7 bilhões de coras suecas, equivalente a 967 milhões de euros. Esses resultados são, respectivamente, 12% e 28% superiores ao contabilizado em 2005. A margem operacional da empresa em 2006, por sua vez, foi de 12,4%, superior aos 10,8% do ano anterior.

“O crescimento das necessidades de transporte e a falta de estrutura para atendê-las têm levado ao aumento de demanda por veículos novos e serviços em praticamente todos os mercados em que a montadora atua. Estamos bem preparados para esse crescimento futuro e nos próximos anos esperamos um aumento constante de 10% em nossas vendas anuais, sempre com uma rentabilidade sustentada de 12% a 15%”, disse o presidente e CEO mundial da Scania, Leif Östling.

Em 2006, a empresa comercializou 59.344 caminhões e 5.937 ônibus, com desempenho de 13% e 2% superior que o ano anterior. Na América Latina, a marca participou desses volumes totais com 7.957 caminhões, crescimento de 2,3% sobre 2005 e 1.679 ônibus, queda de 2,7% sobre o ano anterior.

As vendas na América Latina representaram 15% das vendas mundiais da montadora e o Brasil, segundo maior mercado da Scania em 2006, registrou a comercialização de 5.047 caminhões e 703 ônibus, com quedas de 3,3% e 22,1%, respectivamente, quando comparado aos volumes de 2005.

Com relação a motores industriais e marítimos, a empresa comercializou 6.546 unidades, desempenho 15% superior a 2005. Nesse segmento, o Brasil contabilizou o melhor desempenho, com o registro de 1.933 unidades vendidas, e representou um crescimento da ordem de 8,6% em relação ao período anterior.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php