Saiba os riscos de usar óleo de motor com prazo de troca vencido

Promax Bardhal lubrificante

Empresa alerta para os sinais de que pode ser a hora de trocar o óleo e ressalta os riscos de rodar com o óleo do motor além do prazo

 

O óleo do motor é tão importante quanto as demais peças que compõem o motor, visto que ele é responsável por garantir o seu funcionamento de forma eficiente e segura. Além de evitar o contato direto entre duas superfícies metálicas, reduzindo o atrito e o desgaste, ele ainda refrigera o motor evitando o seu superaquecimento e faz a limpeza de impurezas evitando corrosão.

Os mecânicos já sabem que o óleo possui prazo de troca, indicado pela fabricante do veículo no manual do proprietário. Os riscos de rodar com o óleo vencido incluem prejudicar a performance do veículo, aumentar o consumo de combustível e até reduzir a vida útil dos componentes do motor. Vale sempre ressaltar que, em casos mais graves, o motor pode fundir.

Por isso é importante que o condutor fique atento a alguns sinais de problema, como acender a luz de óleo no painel, aumentar o consumo de combustível ou notar ruídos de peças metálicas. Mas além de obedecer o prazo de troca, é fundamental seguir a recomendação quanto ao tipo de óleo a ser usado: existem os lubrificantes sintéticos, semissintéticos e minerais, com variações de viscosidade.

Segundo a Promax Bardahl, os óleos sintéticos são desenvolvidos para resistir mais à oxidação, enquanto os minerais são mais suscetíveis à oxidação. Por isso, eles não são mais recomendados para veículos novos.

Em sua linha de produtos, a empresa ressalta o Bardahl B12 Plus, que reduz o desgaste das peças em até 75% e resiste às mais elevadas temperaturas e pressões, podendo ser aplicado em veículos a gasolina, etanol e GNV que usam óleos lubrificantes minerais, semissintéticos e sintéticos.

Outro produto é o Bardahl Prolonga, indicado para motores a gasolina, etanol, flex, GNV e diesel. Ele colabora para o melhor funcionamento de ‘motores cansados’ ao dilatar juntas, selos e retentores, reduzindo o vazamento de óleo, além de garantir o aumento da viscosidade do óleo lubrificante e, assim, reduzir também a fumaça ‘azulada’.

2 comentários em “Saiba os riscos de usar óleo de motor com prazo de troca vencido

  1. Olá, Valdemir, infelizmente não é possível fazer uma avaliação a distância. Recomendamos procurar um mecânico para verificar o veículo

  2. Óleo de residios e aparência de óleo velho .tive essa experiência tempo rodado 7500 .kl mas muito tempo o veículo parado e fazendo viagem de pouco kl na cidade confeso que e prejudicial para o motor muda a coloração estranho e preocupante vale apena trocar óleo a mesmo antes do recomendado .

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php