A Renault acaba de comemorar a marca de 1 milhão de unidades do Sandero fabricadas no Brasil. O veículo que teve seu lançamento em 2007 foi primeiro veículo mundial da Renault produzido no país. Na época, o veículo contava com as opções de motorização 1.0 e o 1.6, ambos 16V Hi-Flex. Em 2011 foi reestilizado e em 2014 chegaria a nova geração. No final de 2016, o hatch recebeu os motores SCe 1.0 3-cilindros e 1.6 4-cilindros.

Fabricado no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, o modelo atualmente é comercializado nas versões Authentique, Expression e GT Line, além do aventureiro Stepway e do esportivo R.S. 2.0.

A versão Stepway lançada em 2008 trazia sob o capô o motor 1.6 16V Hi-Flex. Três anos depois o modelo recebeu para-choques mais encorpados, máscaras negras nos faróis e lanternas, além da altura elevada em relação ao solo.

Já a versão R.S manteve a carroceria do modelo comum, porém, segundo a fabricante, mudanças mecânicas diferenciam a versão esportiva das outras, incluindo o motor 2.0 aspirado de 150 cv e 20,9 kgfm com etanol.

O Sandero fabricado no Brasil também é comercializado na Argentina, no Uruguai e no Paraguai. Desde seu lançamento, as exportações do veículo diretamente da fábrica da Renault no Paraná já chegam a 210 mil unidades.