No final deste mês a Renault começa a oferecer no mercado europeu os modelos Mégane Hatch e Mégane Grand Tour equipados com motor 1.6 16V a biocombustível E85 (etanol com adição de 15% de gasolina), que desenvolve 105 cv de potência. Esses serão os primeiros veículos de passeio vendidos pela montadora na Europa com opção de propulsor biocombustível.

Para a concepção desse motor 1.6 16V movido a biocombustível E85, o Grupo Renault  utilizou a experiência adquirida pela Renault do Brasil desde 2004, época em que desenvolveu e iniciou a aplicação em seus automóveis os propulsores Hi-Flex, capazes de funcionar com qualquer proporção de álcool e gasolina.