Advertisement


14709

Acompanhe o passo a passo de uma remanufatura de turbo feita diretamente na fábrica e saiba as dicas de diagnóstico e a troca correta da peça

14766

 

 

A indústria não cessa de procurar e desenvolver alternativas para deixar um planeta melhor para nossos filhos e, de quebra, de proporcionar uma manutenção preventiva de veículos mais barata, com a mesma qualidade. Quando o assunto em questão é veículos diesel então, a coisa fica ainda mais séria e urgente. Se a sustentabilidade está em foco, eliminar o descarte de peças no lixo é uma opção que merece atenção, e isso não passou desapercebido.

E saiba que quem ganha com isso, além do meio ambiente, é o seu cliente, justamente a pessoa que você quer ver satisfeita. Na hora do reparo, uma boa opção para o seu bolso e o meio ambiente é utilizar peças remanufaturadas. Em relação a turbos, as fabricantes têm o know-how de remanufaturar, e o preço é de até 60% do preço da peça nova e original, detalhe: com a mesma garantia. Por isso, vamos mostrar como esse processo é feito e quais são os benefícios que os fabricantes originais oferecem.

14754

Newton Juliato, supervisor de desenvolvimento e assistência técnica da BorgWarner, nos acompanhou por um tour em todo o processo recuperador de um turbo, cuja montagem é feita exatamente na mesma linha de produção que é feito um novo. “Um turbo Reman é um produto que, após a sua vida útil em campo, retorna para a fabrica para ser desmontado, ter as peças analisadas, é limpo e passa por um processo no qual são aplicadas peças novas enquanto outras podem ser reaproveitadas, conforme as especificação de um turbo novo”, explica.

Bom, mas se tudo é feito em fábrica, o que o mecânico tem a ver com isso? Tem que contribuir para que o esse processo seja produtivo. “O ideal para otimizar o turbo descartado é que ele seja retirado antes de quebrar. Mas a quilometragem varia de acordo com a aplicação do veículo”, comenta.

14692

Diagnóstico de falhas

Os sintomas de problema comuns no turbo são: perda de potência do veículo, excesso de emissões ou ruídos anormais, além da passagem de óleo para o lado de admissão.

Para checar esse problema, retire a mangueira de admissão da entrada de ar do turbo e verifique se tem óleo. Se tiver, o turbo deve ser trocado. Verifique também o estado do filtro de ar que, se tiver saturado ou sujo, vai demonstrar essa falha, mas nesse caso o dano não é no turbo, e sim no filtro.

14809

Retire a mangueira de ar para ver se tem passagem de óleo, como mostra a foto que neste caso tem. Verifique se o filtro de ar está em bom estado. Se estiver, o problema é no turbo, que deve ser removido.

Desmontagem

Sempre é bom lembrar que for manusear um turbo, é necessário o uso de luvas, óculos de proteção, protetores auriculares e sapato de biqueira de aço, dependendo do serviço.

Em primeiro lugar, é feita a retirada do turbo do veículo ainda na oficina. Leve a peça para um serviço autorizado ou para um distribuidor da marca. “Assim, entregando o casco, o mecânico compra um turbo remanufaturado e o descartado entra como parte do pagamento”, explica Juliato. “O turbo reman custa de 60 a 70% do preço de um turbo novo e com a mesma garantia e qualidade de um novo. O turbo remanufaturado é uma alternativa mais barata com garantia de novo e com rapidez no processo de reparo e um ano de garantia, o mesmo que um turbo novo”.

Na fábrica:

O turbo chega num lugar adequado para que se seja feita a desmontagem e análise das peças. Todas as partes internas são trocadas, as carcaças do compressor, da turbina e central, além do atuador são, na maioria das vezes, reaproveitadas.

1) O primeiro processo é o recebimento da peça, para desmontagem e análise.

14787

14685

2) As peças que não são reaproveitadas por algum motivo, são descartadas corretamente e separadamente. Apesar de ser sucata, os materiais são separados e armazenados em ambientes apropriados, pois passam por auditoria.

14820

3) A peça passa então para a desmontagem. Começa tirando o anel trava do atuador.

14715

4) Retire agora os quatro parafusos das travas da turbina e desencaixe a peça.

14765

5) O próximo passo é retirar os parafusos da trava do compressor e do atuador, para sacar, então, o conjunto central do compressor.

14805

6) Coloque o conjunto na morsa e retire a porca do conjunto para retirar o rotor do compressor.

14819

7) Retire o eixo rotor da peça e solte os parafusos do prato difusor.

14822

Reaproveitando

1) Com o turbo desmontado, é hora de analisar as carcaças do compressor, da turbina e central; eixo rotor e rotor compressor; o defletor de calor; o prato difusor; o atuador; e as travas da turbina.

14696

2) São sucateados: parafusos em geral; mancais de encosto e radiais; anéis-trava e defletor de óleo; e arruelas de desgaste e espaçador.

14759

3) Em seguida, meça o diâmetro do rotor da turbina, se não está desgastado. Cada modelo tem uma especificação diferente. É medido também o diâmetro do rotor compressor.

14747

Remanufatura

1) Depois de separadas, as peças reaproveitadas passam para serem limpas e depois jateadas.

14688

2) O jateamento é feito em ambiente com pouca iluminação para dar contraste para o operador, facilitando enxergar se a peça tem defeito nessa etapa.

14795

3) As peças são armazenadas e preparadas para a linha de montagem.

14801

4) Na área de pré-montagem as peças são armazenadas esperando a hora de serem remontadas.

14739

5) Não existe uma área de montagem exclusiva de turbos remanufaturados, ou seja, é a mesma linha de montagem dos turbos novos. Os operadores sabem quais são reman, mas trabalham sempre com componentes novos.

14769

Esse é o passo a passo de uma remufatura de turbo. Juliato esclarece que o turbo recondicionado é um processo diferente. “É um turbo desmontado em um estabelecimento qualquer, não na fábrica, e os componentes são trocados por outros não originais, e que muitas vezes, as peças internas reutilizadas sem condições de reaproveitamento”, explica. E finaliza: “na fábrica essas peças seriam sucateadas por não atender às exigências de qualidade e segurança do produto”. Todo turbo remanufaturado na fábrica sai com um selo de rastreabilidade.

14707

Mais informações: BorgWarner 0800-7225701