Advertisement



“Rali do Conhecimento” é a competição da marca da japonesa que elegeu o melhor técnico de sua rede de concessionárias, que representará o Brasil no Japão

Texto: Fernando Lalli
Fotos: Alexandre Villela


Quem diria que um shopping de alto padrão da Zona Sul de São Paulo/SP um dia iria receber uma competição de mecânicos automotivos? Pois foi o que a Mitsubishi Motors fez na última quarta-feira, 7/03, em sua loja-conceito MIT Point dentro do Shopping JK Iguatemi, com o “Rali do Conhecimento” 2018.

Esta foi a segunda edição do evento, que tem como objetivo estimular o desenvolvimento técnico e a capacitação profissional constante da rede de concessionárias. Na final nacional, dez mecânicos vindos de várias regiões do Brasil passaram por provas teórica e prática para descobrir qual deles é o melhor profissional da marca japonesa. O prêmio principal: ser eleito para representar o Brasil na grande final mundial no Japão.



Em suas fases teóricas, a competição teve a participação de 200 mecânicos de concessionárias Mitsubishi de todo o Brasil, que responderam mais de 300 questões sobre as práticas das oficinas da marca. Antes da final na capital paulista, houve semifinais em seis estados – além de São Paulo, aconteceram no Distrito Federal, Minas Gerais, Santa Catarina, Ceará e Rio Grande do Sul com provas presenciais para 57 participantes.

“A competição visa manter os técnicos sempre atualizados e focados, em prol da excelência da reparação. Com o Rali do Conhecimento conseguimos trabalhar constantemente o aperfeiçoamento e a melhoria contínua da rede”, explica Julio Fiorin, diretor de diretor de Pós-Vendas da Mitsubishi Motors.



Alto nível
Na final, os dez melhores mecânicos do Rali encararam, além de mais uma avaliação teórica, uma prova prática para encontrar dois problemas implantados em unidades idênticas do modelo ASX, seguindo os protocolos de atendimento como checagem completa e proteção do veículo. “Colocamos defeitos simples como a luz do porta-malas que não acendia, até um problema no sistema de partida que impedia o funcionamento do veículo”, conta Julio. “Em no máximo uma hora, cronometrada, os técnicos precisavam identificar e solucionar os defeitos, e ligar o carro.”



O grande vencedor foi Matheus Cidene, da concessionária Sekai em Florianópolis/SC. “Estou há cinco anos na rede. Esse prêmio é importante pra mim pelo reconhecimento, e será um desafio muito grande viajar e representar a marca”, disse Matheus. “Foi desafiador. Me preparei lendo os manuais, estudando, mas mesmo assim fiquei nervoso. Achei que não conseguiria, mas deu certo”, contou. “Foi uma surpresa, queria ganhar e consegui”, celebrou o mecânico, que irá para o Japão representar o Brasil ainda neste ano.

CLASSIFICAÇÃO FINAL:
1° MATHEUS CIDENE DOS SANTOS, Concessionária SEKAI – Florianópolis/SC
2° EDUARDO HAAB RODRIGUES, Concessionária FOX – Porto Alegre/RS
3° ADEILDO DA SILVA MAIRINK, Concessionária VIA JAP – Belo Horizonte/MG
4° EDER JOHN DE SOUZA, Concessionária MITO – Fortaleza/CE
5° EDIO SOUSA DA SILVA, Concessionária MITO – Fortaleza/CE
6° EBSONN RIBEIRO SOARES, Concessionária TAURO – Cuiabá/MT
7° PABLO PIETRO DE SOUSA, Concessionária SEAGAIA – Santos/SP
8° ERIVELTON RIBEIRO PAPPI, Concessionária RALLY – São José do Rio Preto/SP
9° ALESANDRO FARIA, Concessionária MONTKOYA – Ponta Grossa/PR
10° FERNANDO MARTINS DA SILVA, Concessionária MITO – Fortaleza/CE