Lançamento: Fiat Uno 2017 ganha nova família de motores

626-C-EX-UNO-2017-CAPO-ABERTO

Propulsor 1.0 três cilindros com seis válvulas e 1.3 quatro cilindros oito válvulas são as novidades da Fiat para o Uno 2017

Texto: Edison Ragassi
Fotos: Divulgação


A FCA- Fiat Chrysler Automobiles, lança a linha 2017 do Uno com a família de motores Firefly 1.0 três cilindros, diferente dos concorrentes que utilizam 12 válvulas, optou por 6 válvulas. E o 1.3 quatro cilindros utiliza 8 válvulas.

Noto Uno Attractive 2017
Novo Uno Attractive 2017

Ambos os propulsores são montados em bloco de alumínio para otimizar o desempenho. As câmaras de combustão foram redesenhadas. Trabalha com taxa de compressão alta (13,2:1), utiliza corrente de comando e óleo do motor de baixa viscosidade (0W20).

As válvulas de admissão são responsáveis, em parte, pela aspiração da mistura ar-combustível para dentro dos cilindros, enquanto as válvulas de escape auxiliam a expulsão dos gases resultantes da combustão. A quantidade de válvulas não é a única determinante para o fluxo dos gases. Outros fatores influenciam esta dinâmica, como o desenho e o formato dos dutos de admissão e escapamento e a configuração do comando de válvulas.

Motor 1.0 Firefly de três cilindros
Motor 1.0 Firefly de três cilindros

De acordo com a FCA as soluções de design dos dutos de aspiração e escapamento, câmara e diagrama do comando de válvulas, foram bem resolvidas, os motores 1.0 e 1.3 seguem um conceito modular, e são múltiplos de um mesmo cilindro.

Outra vantagem de adotar uma única dimensão de pistão e cilindro é que possibilita maior refinamento no desenvolvimento do produto e o compartilhamento de vários componentes entre as versões de três e quatro cilindros, o que racionaliza a produção e permiti manutenção mais fácil. O sistema de partida a frio utiliza pré-aquecimento e dispensa o tanquinho de gasolina.

O propulsor 1.0 litro entrega potência de 72 cv a 6.000 rpm (G) /77 cv a 6.250 rpm (E). Seu torque é de 10,4 kgfm (G) /10,9 kgfm 3.250 rpm (E). Enquanto que o 1.3 L chega a 101 cv a 6.000 rpm (G) / 109 cv a 6.250 rpm (E) com torque de 13,7 kgfm (G)/ 14,2 kgfm (E) a 3.500 rpm.

Motor Firefly 1.3
Motor Firefly 1.3

O conjunto valvetrain, que consome menos energia pelo fato de contar com menos elementos, ainda se beneficia do sistema de roller finger. Trata-se de um dispositivo que adota um rolamento exatamente na posição de maior atrito do conjunto, ou seja, no ponto de contato com o came (ressalto do eixo de comando). Esta solução construtiva reduz a perda de energia e, com menos força para se movimentar internamente, mais potência e torque sobram às rodas do veículo. E isto também se converte em redução de consumo e menos emissões.

O sistema de ignição Top Coil possui uma bobina por cilindro, elas são dedicadas e operam com energia de 70 mJ. As velas de ignição utilizam eletrodo composto por liga de irídio com eletrodos mais finos e pontiagudos.

A movimentação dos pistões e virabrequim foi otimizada. Tradicionalmente, a linha central dos pistões de um motor fica alinhada com o centro do eixo do virabrequim. Isso faz com que o ângulo entre a biela e a parede do cilindro seja igual, tanto na expansão, quando é aplicada uma grande força na cabeça do pistão depois da queima da mistura ar-combustível, quando esta força é bem menor. Para diminuir o atrito entre pistão e cilindro, ele possui um offset de 10 mm entre o eixo do virabrequim e o centro dos pistões. Este deslocamento reduz o atrito do conjunto, o que resulta em mais energia final.

A bomba de óleo é de deslocamento variável e altera o fluxo de acordo com a necessidade do motor para demandar menos potência e reduzir consumo e emissões.

O propulsor utiliza comando de válvulas roletado e o CVCP (Continuously Variable Cam Phaser – variador contínuo do comando de válvulas), capaz de adotar o ciclo Miller de combustão em baixas cargas e com médios regimes de rotação.

A vareta de óleo é integrada à tampa e passa por dentro do motor, o que evita vazamentos de óleo e facilita a manutenção. Além disto, o filtro de óleo é posicionado embaixo do carro, protegido entre o cárter e o suporte do compressor do ar-condicionado para facilitar a troca.

Poucas modificações no visual do Uno 2017

No visual, o Uno 2017 recebeu uma nova grade e para-choque dianteiro. As rodas de liga leve para as versões Way e Sporting foram redesenhadas e também recebeu novas faixas na Sporting.

626-C-EX-UNO-2017-PAINEL

O interior foi remodelado, ganhou novos grafismos para o quadro de instrumentos com display LCD de 3,5 polegadas em alta resolução, e itens de conforto e conveniência como a central multimídia com tela de 6,2 polegadas, câmera de ré, retrovisor elétrico com função tilt down, volante multifuncional, computador de bordo e paddle shift para as versões Dualogic.

Noto Uno Way 2017
Novo Uno Way 2017

Preços e versões

No total são três versões de acabamento para o novo Uno 2017, as quais contemplam uma ampla camada de consumidores.

Com preço sugerido de R$ 41.840, a opção Attractive só é comercializada com propulsor 1.0L, traz de série: ar-condicionado, computador de bordo, direção com assistência elétrica, conta-giros, volante ajustável em altura, três encostos de cabeça traseiros, controle elétrico de vidros dianteiros, travas elétricas e faróis de neblina.

Noto Uno Way 2017
Novo Uno Way 2017

A versão aventureira urbana Way 1.0L custa R$ 42.970, além dos itens da Attractive tem as barras longitudinais no teto, suspensão elevada, molduras das caixas de roda, as lanternas traseiras são fumê e os retrovisores externos com luzes de repetição. Com propulsor 1.3L o preço é de R$ 47.640 ele ganha o Start/Stop, sistema de som, chave canivete com comando de abertura e fechamento das portas e vidros. Ao acrescentar o câmbio Dualogic Plus o custo é de R$ 52.000, ele tem ainda auxílio para saída em aclive, comandos no volante para troca manual das marchas, controle de estabilidade e tração.

Noto Uno Sporting 2017
Novo Uno Sporting 2017

A opção esportiva é a Sporting com motor 1.3L e câmbio manual, o preço é de R$ 49.340 e vem com defletor traseiro, rodas de alumínio de 15 polegadas, ponteira de escapamento dupla central e para-choques diferenciados. Com câmbio Dualogic Plus o valor cobrado é de R$ 53.690.

2 comentários em “Lançamento: Fiat Uno 2017 ganha nova família de motores

  1. Excelente matéria,bem colocada com linguagem de fácil entendimento. Parabéns a equipe da Revista O Mecânico!

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php