Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

IQA realiza evento para esclarecer novas exigências de empresas alemãs

Após as novidades apresentadas na 5ª Edição do Manual VDA 2, o IQA (Instituto da Qualidade Automotiva), organismo de certificação acreditado pelo Inmetro, realizou em parceria com o Sindipeças o Simpósio Tendências do Processo de Aprovação de Peças, com objetivo de mostrar maneiras simples de atender as novas exigências internacionais relacionadas às empresas de origem alemã.

18480

“Até a edição anterior do VDA 2, algumas montadoras alemãs no Brasil aceitavam o PPAP (Processo de Aprovação de Peças de Produção), mas com esta nova edição, este novo manual passou a ser obrigatório”, comenta Sergio Kina, gerente técnico do IQA. Esta mudança tem sido avaliada em detalhes por fornecedores e clientes, uma vez que ambos os processos tratam do mesmo assunto, porém cada um com suas respectivas particularidades.

Assim, o simpósio contou com palestras de empresas de origem alemãs, como Volkswagen MAN, Mercedes-Benz e Schaeffler, que comentaram como são realizados os processos de aprovação de peças de produção. “É importante ressaltar que se trata de um novo requisito originado nas matrizes das empresas, na Alemanha, e obrigatório para todas as filiais do mundo inteiro, que devem se adequar ao novo procedimento, assim como os respectivos fornecedores”, comenta Mário Guitti, superintendente do IQA.

Mário Guitti comenta que o assunto tem sido amplamente discutido pelo Grupo de Trabalho VDA, do IQA, que conta com representantes da Volkswagen, Mercedes-Benz, MAN, Schaeffler, Bosch, Benteler, ZF, Knorr-Bremse, Engecron, Mahle, Keiper, e Kromberg & Schubert. “Foi a partir desses debates que decidimos realizar o simpósio, pois precisávamos ir muito além da VDA”, explica.

Para atender as novas necessidades de montadoras e fornecedores de componentes, e por ser responsável pelo treinamento de especialistas em PPAP e VDA, o IQA vai combinar os treinamentos de VDA2 com o de PPAP e, ao final, o aluno recebe os dois certificados.

Segundo Mário Guitti, os treinamentos ministrados pelo IQA são oficiais e equivalentes aos realizados na Alemanha, pela própria VDA. Ele afirma que outra vantagem é contar com um certificado VDA-QMC/IQA válido e reconhecido internacionalmente, além de contar com um registro internacional, a Carteirinha VDA-QMC, para os aprovados no exame de qualificação.

Além de ministrar os treinamentos, o IQA é também o distribuidor oficial dos manuais VDA, que são adaptados e editados para a língua portuguesa pelo instituto. De acordo com o instituto, o texto é adaptado e revisado por especialistas garantindo a adequação do conteúdo quanto aos termos técnicos e organizações no Brasil.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php