Tecfil

Wagner Vieira (esq.) e Plinio Fazol

As estratégias da Tecfil para o período que começa e qual será o tratamento com o mecânico independente, estão nesta entrevista exclusiva

 

Quando uma empresa conquista a liderança, é necessário intensificar os investimentos para manter esta posição. Presente no mercado há mais de 60 anos, a fabricante de filtros automotivos Tecfil, atualmente é a maior produtora destes itens na América Latina e líder de mercado.

Para manter esta posição, investe constantemente na melhoria dos processos produtivos e nas pessoas. Em dezembro, contratou dois renomados profissionais para a área comercial e de marketing. Wagner Vieira, executivo com 28 anos de experiência no setor, assumiu as diretorias Comercial e Marketing, e Plinio Fazol, que atua há 20 anos no setor, ocupou o cargo de Gerente de Marketing, Trade Marketing, Inteligência de Mercado e Novos Produtos.

REVISTA O MECÂNICO: Qual a representatividade do segmento de filtros no mercado reposição?

WAGNER VIEIRA: A linha de filtros tem uma grande importância para o segmento de reposição automotiva pois são itens com grande demanda de troca e que tem um bom fator de aproximação com os usuários finais de veículos.

O MECÂNICO: No período passado a economia do Brasil mostrou sinais de recuperação. Na empresa, quais foram os reflexos destes resultados?

VIEIRA: Tivemos um bom resultado em 2019, continuamos crescendo, a taxa foi de dois dígitos anuais e mantivemos a liderança deste segmento. Estamos otimistas para 2020 e esperamos que com estes sinais, a economia fique aquecida novamente.

O MECÂNICO: Ano passado, a Tecfil investiu em lançamentos de produtos. Qual o total de itens lançados e a previsão para o período que se inicia?

PLINIO FAZOL: Em 2019 lançamos 338 itens para os segmentos de leves, pesados e motocicletas. Nossa previsão para 2020 é lançar um número maior ainda de novos itens. Nosso compromisso é de sempre disponibilizar um amplo portfólio de itens aos nossos clientes.

O MECÂNICO: Entre as várias ações a serem realizadas, está a de uma maior aproximação com os clientes. Ela será feita de qual maneira?

FAZOL: Iniciamos um trabalho de mapear e otimizar todos os pontos de contato com os diferentes tipos de clientes (distribuidores, varejos, mecânicos, trocadores e usuários finais) e vamos utilizar diferentes ferramentas para manter estes canais de comunicação
ativos e amigáveis a todos os nossos clientes. O importante deste processo é garantir que os clientes sejam ouvidos e que isto seja amplamente utilizado no direcionamento das ações que estão sendo feitas pela empresa.

“Tivemos um bom resultado em 2019, continuamos crescendo…”

O MECÂNICO: O segmento de filtros é competitivo, são várias as indústrias que atuam com estes produtos e mesmo assim a Tecfil tem a liderança. Como manter esta posição?

VIEIRA: O segmento de filtros é muito competitivo o que nos faz ter de trabalhar melhor e mais rápido todos os dias, um dos pontos que nos auxiliam na manutenção da liderança é a nossa capacidade fabril e de engenharia, somos o maior fabricante de filtros na América Latina (marcas Tecfil e Vox). Atendemos os segmentos de OEM (Original Equipment Manufacturer- Fabricante Original do Equipamento), OES (Original Equipment Supplier- Fornecedor de Equipamento Original), marcas privadas e reposição automotiva. Utilizamos o que existe de mais moderno nos processos produtivos (manufatura 4.0), além disso nossos times comercial, marketing, engenharia e pós-vendas trabalham muito integrados para entregar o melhor nível de produtos e serviços aos nossos clientes.

O MECÂNICO: O Brasil tem algumas características especificas no que diz respeito a mercado de reposição. Como a empresa trabalha estas diferenças?

VIEIRA: Todos os produtos Tecfil/Vox são desenvolvidos localmente seguindo os requisitos de qualidade para atender os segmentos OEM/OES/ Reposição Automotiva.

O MECÂNICO: Além do mercado nacional, como está a atuação da empresa no mercado internacional?

VIEIRA: Exportamos para 26 países de forma direta e mais 40 países de forma indireta, estamos na América do Sul, América Central, América do Norte, Europa, África, Ásia e Oceania nos mercados IAM (Independent Aftermarket), OES e Marcas Privadas.

“O importante deste processo é garantir que os clientes sejam ouvidos…”

O MECÂNICO: Sabemos que o mecânico independente é formador de opinião e consumidor dos produtos fabricados pela Tecfil. Quais as estratégias voltadas para este público? Neste ano elas serão ampliadas?

FAZOL: O mecânico tem um papel de destaque dentro da Tecfil/Vox. Toda a elaboração de material técnico, treinamentos, canais de comunicação digitais são pensados para facilitar o dia a dia deste profissional. Em 2020 estas ações serão reforçadas e outras surgirão para ajudar ainda mais os mecânicos. Ainda fazermos treinamentos nas oficinas, postos de serviços, dentro da empresa ou através do nosso portal de treinamentos.

O MECÂNICO: Neste ano que se inicia, o que o mecânico de automóveis pode esperar da Tecfil?

FAZOL: Pode esperar uma Tecfil/Vox mais rápida e assertiva nas suas ações, além de continuar com um amplo portfólio que abrange as linhas leve, pesada, motocicletas e fora de estrada. Muitas novidades virão, e com certeza serão muito boas!