Confira a terceira parte dos esquemas elétricos da minivan da GM com câmbio automatizado

 

Lançada em 2007, a Chevrolet Meriva Easytronic foi o pri­meiro veículo produzido no mundo equipado com motor flex e sistema de câmbio manual auto­matizado. O sistema de automatização de troca de marchas não era o conhecido Free Choice da Magneti Marelli, mas sim o “Manual Transmission Automatized” (MTA) fabricado pela Schaeffler e aplica­do desde 2000 na linha Opel, então sub­sidiária da General Motors na Europa. O sistema de transmissão como um todo era 50% mais barato e 26 quilos mais leve que uma transmissão automática e três quilos mais pesado do que um sistema de trans­missão manual.

Topo de linha, a Meriva Easytronic recebia também ar-condicionado, direção hidráulica, acionamento elétrico das travas, vidros e espelhos retrovisores, além de aca­bamento diferenciado. Vinha com motor 1.8 Flexpower, com 114/112 cv (E/G) de potência a 5.600 rpm e torque de 17,7 kgfm a 2.800 rpm com ambos os combustíveis.

Veja nesta edição os esquemas elétri­cos para rádio, iluminação externa, ABS e controle de tração, interruptor de freio e embreagem, luz de freio de estacionamen­to, imobilizador, direção eletroassistida, central de tra­vas, controle do rádio volante, airbag, iluminação interna, teto solar, sensor de ultrassom do alarme.