Advertisement


Caixa de direção Celta Ampri

Confira como é feita a troca do reservatório de fluido, caixa e bomba da direção hidráulica de um exemplar ano-modelo 2013/2014 do hatch compacto da General Motors

Embora já tenha sido subs­tituída em muitos modelos pela direção elétrica, os sis­temas de direção hidráulica, que utilizam a combinação de bomba e fluido para reduzir o esforço necessário para manobrar o veículo, ainda são en­contrados em boa parte da frota rodante e até em alguns automóveis zero-km. E como qualquer sistema de um automó­vel, exige a revisão periódica do seu cor­reto funcionamento, ainda que na práti­ca isso nem sempre aconteça…

- Publicidade -

“O sistema de direção servoassisti­da hidraulicamente, seja acionado por bomba mecânica movimentada por correias ou bomba elétrica, necessita de manutenção periódica preventiva por ser aberto, sujeito a contaminação tan­to por umidade e partículas externas quanto por contaminantes gerados in­ternamente pelo desgaste mecânico das peças”, comenta o professor de engenha­ria da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas), Fernando Landulfo, que é con­sultor técnico da Revista O Mecânico e da CARRO.

Segundo Landulfo, essa manuten­ção preventiva envolve substituição do fluido, inspeção visual, medição de pressões, substituição do reservatório e, se houver, substituição do filtro, não ne­cessariamente nessa ordem. Caso sejam detectados inícios de vazamentos ou ruí­dos anormais no sistema, recomenda-se a intervenção para análise e correções necessárias o quanto antes for possível.

Com 48 mil quilômetros rodados, o Chevrolet Celta LT 2013/2014 usa­do nesta reportagem estava deixando manchas de fluido pelo piso. Embora tenha sido identificado um vazamento no cárter do lubrificante do motor, pos­sivelmente causado por esmagamento de junta por aperto excessivo, a vareta de medição de nível do lubrificante apon­tava para uma quantidade normal de fluido. Um indício de que havia outro problema com o hatch.

Caixa de direção Celta Ampri

Após a remoção, foi possível ver o vazamento nas conexões na caixa de direção

Foi feita então uma análise do restan­te do veículo, que apresentava também vazamento de fluido lubrificante vindo da caixa de direção. Como já havia sido identificado que a direção estava pesada demais para um carro com assistência hidráulica, além do componente defei­tuoso, foram feitas também as substi­tuições do reservatório de fluido e da bomba hidráulica de forma preventiva, além da sangria do sistema.

- Publicidade -

Em alguns veículos, a fabricante permite que se lave o reservatório do fluido da direção. Porém, o consultor técnico da Ampri, Edson Clemente, não recomenda essa operação. “O reservató­rio possui um filtro interno que retém as partículas suspensas. Por mais que se lave o reservatório, esse filtro ainda continuará saturado de sujeira e não terá a mesma capacidade de filtragem. Por esse motivo, recomendamos sempre a substituição”.

O procedimento de desmontagem e substituição dos elementos de direção foi realizado na oficina Auto Mecâni­ca Louricar, na Zona Sul de São Paulo, com a orientação de Edson Clemente, consultor técnico da Ampri, empresa fa­bricante de peças de direção para o mer­cado de reposição de autopeças.

DIAGNÓSTICO E SANGRIA

1) Com o carro ainda no chão, deligue o con­tato da bateria e esgote o fluído hidráulico para a troca do reservatório. O procedi­mento é recomendado, pois, a vida útil do fluido é de 30 mil km ou um ano e não é possível fazer a limpeza interna do com­ponente, segundo Edson Clemente, devi­do à saturação do filtro interno.

Caixa de direção Celta Ampri Caixa de direção Celta Ampri

2) A umidade ao redor do reservatório é nor­mal e ocorre pois na tampa existe um furo de respiro de diâmetro elevado, caracte­rística em veículos fabricados pela GM.

Caixa de direção Celta Ampri

3) Coloque o fluido usado em um reservató­rio transparente, para acompanhar a qua­lidade desse fluido.

Obs: O fluido recolhido do veículo pode ajudar no diagnóstico. Segundo Fernando Landulfo, fluido leitoso indica presença de umidade excessiva, o que pode significar que a tampa do reservatório está mal apertada ou vedada (critico nas lavagens). Fluido escuro ou com partículas solidas pode indicar desgaste excessivo da bom­ba ou mesmo da caixa de direção.

Caixa de direção Celta Ampri

4) Feita a drenagem de todo o fluido, faça a retirada do reservatório, usando uma chave de 10 mm (4a). Retire as abraça­deiras que fazem a fixação das man­gueiras de alimentação e de retorno do sistema (4b).

Caixa de direção Celta Ampri Caixa de direção Celta Ampri

5) Instale o novo reservatório e complete com fluido novo (o recomendado pela GM é o Dexron II). Substitua todas as mangueiras.

Caixa de direção Celta Ampri

6) Substitua também as abraçadeiras con­vencionais pelas de parafuso, para que no momento da instalação elas promo­vam melhor vedação do sistema.

Caixa de direção Celta Ampri

7) Retire a mangueira de retorno do reser­vatório de fluido, alongue esta tubula­ção para dentro de um recipiente trans­parente e inicie o processo de sangria e limpeza do sistema hidráulico, virando o volante de canto a canto. A ideia do reservatório transparente é monitorar do momento em que está saindo o flui­do sujo até o instante em que começa a sair o fluido limpo, o que significa que o fluido sujo saiu de todo o sistema. Neste caso, deve ser usado o fluido especifica­do pela GM (Dexron 2).

Caixa de direção Celta Ampri

8) Com o processo de limpeza concluído, recoloque a mangueira de retorno no reservatório e faça o aperto da abraça­deira.

Caixa de direção Celta Ampri

TROCA DA CAIXA DE DIREÇÃO

9) Para o processo de remoção do meca­nismo, use uma chave combinada de 13 mm para soltar e retirar o parafuso que faz a fixação da coluna com o eixo pinhão da caixa de direção hidráulica.

Caixa de direção Celta Ampri

10) Com o veículo no elevador e sem as rodas dianteiras, utilize uma chave catraca com soquete de 17 mm para remover a porca que faz a fixação do terminal de direção de ambos os lados.

Caixa de direção Celta Ampri

11) Após a soltura das porcas, utilize o saca-terminal, fazendo o encaixe no braço da direção para a remoção no seu cavalete. Não é recomendado o uso de martelo, pois as pancadas po­dem interferir no funcionamento do sensor ABS das rodas ou até danificar os componentes desse sistema.

Caixa de direção Celta Ampri

12) Retire o protetor de cárter do veículo.

Caixa de direção Celta Ampri

13) Com o aparador de fluido posicionado debaixo do carro, faça a soltura dos para­fusos das conexões das duas mangueiras hidráulicas da caixa de direção, usando uma chave 17 mm e outra de 19 mm.

Caixa de direção Celta Ampri

14) Com uma chave de 13 mm, faça a reti­rada da porca de fixação do suporte da caixa de direção na parte superior da parede de fogo.

Caixa de direção Celta Ampri

15) Retire o parafuso que faz a fixação entre o coxim da carroceria com o suporte que vai ligado à caixa de câmbio. Enquanto um operador tira o parafuso, o outro apoia o coxim para o lado do motorista, para deslocar o parafuso do alojamento. Com o uso de uma chave 18 mm, remova os dois parafusos superiores que pren­dem o coxim ao câmbio. Não se esqueça de apoiar o câmbio por baixo com cava­lete ou suporte apropriado.

Caixa de direção Celta Ampri

16) Para facilitar na retirada da caixa de di­reção, remova os terminais de direção. A contagem das voltas da rosca do ter­minal ajuda na montagem da peça na caixa nova caso a peça a ser instalada seja idêntico ao original de fábrica (alguns terminais na reposição, como o da Ampri, podem ser ligeiramente mais compridos).

Caixa de direção Celta Ampri

17) Com o uso da chave catraca com o soquete de 13 mm, faça a retirada dos parafusos de fixação restantes da caixa de direção na parede de fogo.

Caixa de direção Celta Ampri

18) Para a retirada da caixa de direção do veículo, será necessário também tirar o coxim dianteiro do câmbio. São três pa­rafusos que fazem a fixação do suporte do coxim com a caixa de câmbio e dois que fazem a fixação entre o suporte e a carroceria. Primeiro retire os parafusos de fixação com a caixa de câmbio e de­pois os da carroceria.

Caixa de direção Celta Ampri

19) Afaste a caixa de direção mais para o lado esquerdo do veículo e faça a remo­ção, por precaução, do sensor de rota­ção do motor. Com o câmbio deslocado para a frente do veículo, abre-se espaço para movimentar a caixa de direção to­talmente para a esquerda, permitindo assim que a caixa seja retirada pela direita, pelo vão entre o motor e a carro­ceria do veículo.

Caixa de direção Celta Ampri

20) A dificuldade na remoção da caixa é causado pelo conjunto de tubulação do próprio componente, que pega na flange do motor de partida. É importante des­tacar que a desmontagem foi mais difí­cil por se tratar de um veículo completo, com ar-condicionado e ABS, este último um que ainda não era obrigatório no ano de fabricação deste modelo.

Caixa de direção Celta Ampri

21) Antes de fazer a montagem da nova caixa — que deve ser realizada pelo mesmo vão em que a peça foi retirada —, desmonte os terminais de direção e gire o mecanismo de direção todo para a esquerda. Certifi­que-se de que todas as mangueiras sejam novas.

Caixa de direção Celta Ampri

22) Faça a fixação da caixa no painel corta­-fogo. Após, reconecte as mangueiras hidráulicas na caixa nova, monte nova­mente os coxins e instale os terminais de direção e o protetor de cárter. A contagem das roscas dois terminais foi feito, mas o acerto não bateu com o dos terminais an­tigos. Os componentes novos instalados são ligeiramente mais compridos. Por este motivo, foi executado um pré-alinha­mento visual, com envio posterior para a mesa de geometria para o alinhamento das rodas.

Caixa de direção Celta Ampri

TROCA DA BOMBA DE DIREÇÃO

23) Com o carro no chão, retire o suporte do filtro de ar e movimente o esticador da correia de acessórios para tirá-la da polia.

Caixa de direção Celta Ampri

24) Remova o defletor de calor do coletor de escapamento para ter acesso ao parafuso de fixação inferior da bomba.

Caixa de direção Celta Ampri

25) A retirada da bomba é feito removendo três parafusos de 13 mm. Comece sol­tando o parafuso do alojamento.

Caixa de direção Celta Ampri

26) Com uma chave de 22 mm, solte o pa­rafuso que faz a fixação da mangueira de pressão da direção na bomba. Para finalizar, remova o parafuso de fixação superior da bomba no suporte e depois o localizado na parte frontal da peça.

Caixa de direção Celta Ampri

27) Retire também o pequeno suporte da foto, já que ele vem na bomba nova.

Caixa de direção Celta Ampri

28) Remova a mangueira de alimentação da bomba, para livrar a bomba antiga por completo do conjunto motriz.

Caixa de direção Celta Ampri

29) Antes de instalar a bomba nova, alimen­te-a com fluido na bancada e gire ma­nualmente a polia (29a). Isso evita a mo­vimentação da bomba seca no veículo, que pode causar danos aos componen­tes internos. Terminado o procedimen­to, reinstale os tampões (29b).

Caixa de direção Celta Ampri Caixa de direção Celta Ampri

30) Com a bomba nova já no carro, retire o tampão da conexão de entrada do fluido para a fixação da mangueira (também nova). Instale a bomba no suporte se­guindo a mesma ordem para aperto que usada na retirada, começando pelo pa­rafuso no alojamento.

Caixa de direção Celta Ampri

31) Com o tampão removido, instale a man­gueira que leva fluido sob pressão para o mecanismo de direção. Faça a primei­ra montagem da rosca manualmente, para evitar o risco de espanar a rosca do parafuso ou do corpo da bomba.

Caixa de direção Celta Ampri

32) Reinstale a correia de acessórios e fina­lize a montagem com a recolocação do defletor do coletor e a fixação da coluna de direção.

Caixa de direção Celta Ampri

SANGRIA FINAL

33) Com tudo montado, faça o procedimen­to de enchimento e sangria do sistema. Retire a mangueira de retorno e tampe a saída no reservatório. Faça o prolonga­mento da mangueira para um recipiente transparente, e monitore a saída do ar do sistema até que saia apenas o fluido lim­po. Durante o processo, gire a direção do veículo de canto a canto, para simular o funcionamento do veículo antes da parti­da. Neste procedimento, são usados de dois a três litros de fluido Dexron II.

Caixa de direção Celta Ampri

34) Encerrada a sangria, reconecte a manguei­ra de retorno ao reservatório, complete o nível e dê a partida no veículo, para obser­var o funcionamento com os componen­tes. Não devem ser observados vazamen­tos ou ruídos no sistema. No reservatório, não pode haver espuma ou redemoinho.

Caixa de direção Celta Ampri

ALINHAMENTO

Caixa de direção Celta Ampri Caixa de direção Celta Ampri

Feita a montagem e os testes dos novos componentes, o etapa final foi o alinha­mento. O acerto dos parâmetros de dire­ção permite ao veículo se comportar con­forme estabelecido pelo fabricante, além de evitar o desgaste incorreto dos pneus. Mesmo com o “pré-alinhamento” feito du­rante a montagem dos novos elementos de direção, o equipamento comprovou a necessidade de correção para os valores de fábrica. O alinhamento de direção deve ser feito preventivamente a cada 10 mil quilômetros, sempre que forem substituí­dos componentes da direção e suspensão, ou quando se observar o desgaste irregu­lar dos pneus e de veículo, como direção pesada ou instabilidade direcional. “Mes­mo os veículos que tem ajuste apenas nas rodas dianteiras, o alinhamento com medi­ção nas 4 rodas, além de permitir um diag­nóstico preventivo da situação das rodas do eixo traseiro, diminui o ângulo de impul­so, o que minimiza o efeito de ‘volante tor­cido’”, complementa Fernando Landulfo.

Colaboração técnica — Auto Mecânica Louricar
Mais informações — Ampri: (11) 2147-7778 / (11) 99395-4986

Texto: Evandro Enoshita
Fotos: Fernando Lalli
- Publicidade -