DaimlerChrysler utiliza fibra de banana na construção de automóveis

A montadora alemã DaimlerChrysler passou a utilizar fibra de banana abaca no desenvolvimento de seus veículos. O produto é proveniente das Filipinas, onde a DaimlerChrysler apóia um projeto de cultivo sustentável. A banana abaca tem alto índice de resistência e será usada nas partes externas do automóvel, como na proteção inferior do piso do compartimento do estepe nova geração da Mercedes-Benz Classe A, produzida na Europa.

A fibra de banana abaca pode ser aplicada em substituição à fibra de vidro e tem ainda a vantagem de ser reciclável. O composto é misturado com termoplástico polipropileno (PP) e seu processo de produção economiza 60% de energia, além de reduzir as emissões de CO2 na fase de fabricação. O desperdício de material se transforma em sub-produto da produção da fibra e pode ser usado como fertilizante orgânico.

Outras fibras naturais já foram utilizadas pela marca no projeto de seus automóveis e veículos comerciais, como linho, cânhamo, sisal e coco.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php