Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Carros da Stock Car ganham câmbio eletrônico com aletas no volante

Os carros da Stock Car passarão a utilizar câmbio eletrônico a partir dos treinos extras programados para os dias 25 e 26 de fevereiro, em Curitiba/PR. “Essa mudança vai melhorar o carro em alguns pontos, como o desgaste do câmbio, que hoje já é relativamente baixo. Só para se ter uma ideia, esse câmbio mecânico que era usado na Stock Car é o mesmo ainda utilizado nas 24 Horas de Daytona, a mesma que o Christian Fittipaldi venceu. A vantagem do eletrônico é que ele não permite erro no giro do motor na hora da troca de marchas, e só troca quando pode e não quando o piloto quer“, explica Zequinha Giaffone, um dos responsáveis pela JL, empresa que fabrica e dá suporte técnico aos bólidos da categoria.

15539

Segundo ele, outra vantagem é no quesito segurança, uma vez que os pilotos não precisam mais tirar uma das mãos do volante para mudar as marchas, podendo realizar as trocas por meio das borboletas localizadas atrás do volante. “O tempo de troca será igual ou um pouco mais rápido, mas o piloto manterá as duas mãos no volante, o que aumenta a segurança. Além disso, poderá fazer trocas numa curva segurando o carro no traçado com mais firmeza“, completou o ex-piloto.

Os testes do novo câmbio foram feitos pelo piloto Alan Hellmeister. Todo o sistema do câmbio eletrônico foi desenvolvido pela empresa italiana Magneti Marelli, tendo sido desenvolvido para a Fórmula 1, mas que acabou estendido para outras categorias internacionais como a Stock Car, recebendo pequenas adequações à realidade brasileira. Segundo Bruno Bassani, responsável pela Divisão Motorsports para a América do Sul, as equipes terão os equipamentos em mãos até a primeira quinzena de fevereiro.

15540

Com a entrada do novo câmbio, os carros perderão a alavanca no cockpit e também algumas outras partes mecânicas que acionavam as marchas, mas ganham quatro caixas, uma de gerenciamento eletrônico do sistema, uma da Magneti Marelli, uma do reservatório de óleo utilizado nas mudanças de marchas e outra do acumulador pressurizado que facilita a troca das marchas. O gerenciador do câmbio eletrônico está conectado ao gerenciador do motor.

“Dentro desse acumulador teremos uma pressão entre 55 BAR e 89 BAR para ajuda na mudança das marchas“, disse Bassani, que relembra que a borboleta do lado direito do volante leva as marchas para cima e a do lado esquerdo para baixo. Esse posicionamento pode ser facilmente mudado de acordo com a preferência do piloto.

Comentário em “Carros da Stock Car ganham câmbio eletrônico com aletas no volante

  1. gostaria de comprar esse dispositivo que permite a troca de marcha pela borboleta no volante de forma sequencial ! temos disponivel no mercado?

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php