AEA apoia mercado de bicombustíveis

Segundo a AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva) o aumento do preço do álcool não prejudica os proprietários de veículos com tecnologia Flex Fuel, que permitem a utilização de álcool e gasolina em qualquer proporção. “O aumento no preço do álcool não deve ser considerado um problema para os proprietários de veículos bicombustíveis. Pelo contrário, ao adquirir um veículo Flex Fuel o consumidor garante sua liberdade de escolha ao entrar num posto de combustível. Além disso, o motorista não pode esquecer que em 2005 esse tipo de veículo permitiu uma boa economia, quando o preço do álcool estava abaixo de 70% do preço da gasolina”, disse Marcos Saltini, presidente da AEA.

 

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php