Advertisement


ZF

A ZF divulgou os resultados financeiros do primeiro semestre de 2019 e suas expectativas tímidas de crescimento, entre 4% a 5%, para o ano. Segundo a empresa, nestes primeiros seis meses a multinacional registrou vendas de aproximadamente 18.4 bilhões de euros, tendo expectativa de chegar à casa de 37 bilhões no balanço de final de ano.

Embora o mercado de veículos comerciais pesados e os negócios industriais tenham ficado inicialmente estáveis, o crescimento das vendas da ZF desacelerou no primeiro semestre devido à venda significativamente mais baixa de automóveis no mercado mundial, particularmente na China.
A companhia destaca que esperava um desempenho levemente melhor nas vendas automotivas no geral. Além da crise econômica, fatores de política econômica como a incerteza com relação ao futuro do Brexit e questões tarifárias e comerciais estão promovendo um impacto negativo nos resultados.

A ZF explica que o baixo número de vendas de automóveis de passageiros e o alto investimento em P&D, particularmente para acionamentos elétricos, fazem com que a empresa reveja os gastos em áreas estabelecidas onde a crise econômica é evidente.

- Publicidade -
- Publicidade -