Zen dá dicas de cuidados com o tensor da correia para evitar parada do motor



O tensor é responsável por garantir que a correia mantenha o sincronismo entre a abertura e o fechamento das válvulas, com o movimento dos pistões, não dá sinais de desgaste perceptíveis ao motorista e, em caso de quebra, pode provocar uma parada repentina do propulsor. Por isso, prevenir é o melhor remédio.

Além disso, ele ainda cuida da transmissão do movimento da árvore de manivelas aos acessórios do motor (alternador, ar-condicionado, direção hidráulida e bomba d’água) e absorve a vibração da correia. Para evitar transtornos, os técnicos da ZEN, recomendam fazer a manutenção preventiva a cada 10 mil quilômetros e a troca, de acordo com a quilometragem indicada no manual do proprietário do veículo.

Segundo a marca, um tensor com problemas pode afetar todos os componentes do sistema, causando, desde rigidez na direção hidráulica, passando pelo desempenho irregular do motor, até a sua parada imediata.

css.php