Tecnologia permite abastecer caminhões com hidrogênio líquido

Mercedes-Benz caminhão GenH2 Truck

Sistema em desenvolvimento pela Daimler será testado com clientes em 2023 e oferecerá benefícios com o abastecimento com hidrogênio líquido

 

A Daimler Truck AG e a Linde, empresa global de gases industriais e engenharia, estão desenvolvendo uma nova tecnologia para o abastecimento de hidrogênio líquido em caminhões com propulsão por células de combustível. O objetivo é criar um sistema que permita o abastecimento com maior densidade, maior autonomia, mais rápido e com maior eficiência energética.

Segundo as empresas, esse novo processo usará níveis de pressão mais altos do que a do ambiente e controle de temperatura especial, evitando os chamados efeitos de fervura e “retorno do gás” – quando o gás do tanque do veículo retorna ao posto de abastecimento. Com isso, não será mais necessária uma complexa comunicação de dados entre o posto de gasolina e o caminhão durante o reabastecimento.

A previsão é realizar em 2023 o primeiro reabastecimento de um veículo protótipo em um posto piloto na Alemanha. Os testes com clientes terão início com o GenH2 Truck, um caminhão-conceito movido a célula de combustível que estreou em setembro do ano passado. Já a produção em série deve começar na segunda metade desta década. A empresa espera que o uso de hidrogênio líquido em vez do gasoso ofereça desempenho similar ao de caminhões equivalentes convencionais movidos a diesel.

Outra vantagem do hidrogênio líquido (LH2) é que ele exigirá tanques muito menores e, devido à menor pressão, também significativamente mais leves.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php