Nakata fornece componentes para suspensão e direção do VW Constellation

VW Constellation 24.280

A Nakata fornece os componentes de suspensão para o VW Constellation, como terminais e barras para o modelo 24.280, líder no segmento de semipesados no mercado brasileiro. O portfólio da empresa que atende este modelo inclui barra lateral com porca tipo autotravante (N 979), barra de ligação com porca tipo autotravante (N 786), terminal da barra de ligação com rosca direita e porca autotravante (N 220) e terminal da barra de ligação com rosca esquerda e porca tipo autotravante (N 221).

A barra lateral é montada para transmitir o movimento do braço Pitman para a manga de eixo da roda e a barra de ligação faz o com que o movimento seja o mesmo na roda do outro lado do eixo.

A empresa destaca, ainda, que os componentes de direção e suspensão são essenciais para a segurança do veículo, devendo passar por revisões periódicas com substituição sempre que apresentarem qualquer sinal de desgaste. Se houver folga acima no sistema de direção, o controle do veículo será comprometido.

Além disso, a Nakata alerta que os componentes devem ser recuperados quando apresentam problemas, adotando sempre peças novas na substituição.




Nakata fornece diversos componentes para os veículos Ford



A Nakata possui mais de 200 referências das linhas de suspensão, direção, freio e transmissão, atendendo modelos e versões de variados anos de EcoSport, Ka, Fiesta, Fusion, Focus, Ranger e Ford Transit. Entre os itens são amortecedores HG, mola a gás para tampa traseira, bieletas, pivô de suspensão, bucha de bandeja, bandeja, coxim do amortecedor, kit do amortecedor, kit de batentes do amortecedor, terminal de direção, terminal axial e caixa de direção mecânica.

Já na linha de freios, a Nakata oferece pastilhas, sapatas e cubos de roda e, para o motor, bomba d’ água, bomba de óleo e coxim de motor. No segmento de transmissão, os itens incluem tulipa, junta homocinética, kit de reparo da junta homocinética, terminal do diferencial, junta fixa, semieixo homocinético, semieixo do diferencial, tripeça, kit planetária e satélite, além de coroa e pinhão.

Para os modelos 2019, a empresa já disponibiliza componentes, como bomba d’água para o EcoSport e Ka, bandeja de suspensão para a Ranger, junta fixa para o Fusion, caixa de direção mecânica e terminal axial para o Ka e Fiesta 2019. Especificamente para a picape Ranger, a linha de produtos conta com amortecedor, bandeja de suspensão, bieleta, bomba d’ água, bomba de óleo, semieixo homocinético, componentes de diferencia como coroa e pinhão e componentes do cardan como cruzeta e garfo. Já no caso do Ford Transit, a Nakata disponibiliza cubos de roda, pivô de suspensão e kit do amortecedor.




Cofap alerta para importância da suspensão na segurança do veículo

Linha Cofap para suspensão

A Cofap alerta para a importância de revisar a suspensão periodicamente, conjunto que possui papel fundamental na segurança do veículo e é responsável, além de assegurar o conforto dos ocupantes, por absorver os impactos e garantir a estabilidade.

Seu principal componente é o amortecedor, que mantém os pneus em contato com o solo, item fundamental para a dirigibilidade do veículo. A revisão é necessária, principalmente, porque nem sempre o motorista consegue perceber os sinais de desgaste na peça – ou se acostuma com os solavancos.

Entre os problemas mais comuns nos amortecedores estão: desgaste do tubo de pressão, do pistão e fadiga das molas das válvulas. Esses danos podem ser causados por uso severo do veículo ou dependendo do modo de condução adotado. Por isso, recomenda-se a verificação regular do sistema com um profissional qualificado, que poderá atestar o estado de conservação das peças. Uma primeira inspeção visual já pode identificar amassamento dos tubos, empenamento das hastes ou vazamento de óleo, sinalizando a necessidade de troca do amortecedor, independente da quilometragem.

Vale destacar, porém, que além dos amortecedores, outros componentes da suspensão merecem atenção, como molas, barras estabilizadoras, bandejas e bieletas, que devem ser revisados igualmente. Amortecedores novos podem ter sua vida útil reduzida se instalados em conjunto com peças danificadas. Um sinal de problema, por exemplo, é o ruído vindo de componentes de borracha.




Nakata lança curso EAD gratuito sobre suspensão

Nakata

A Nakata lança curso sobre sistema de suspensão em sua plataforma de EAD para ensino à distância. Gratuito, o curso é destinado aos profissionais da reparação e conta com dois módulos que incluem teoria e prática, fornecendo um certificado após sua conclusão.

A plataforma de EAD pode ser acessada de dispositivos mobile como celulares e tablets, além do desktop, permitindo que o profissional faça o curso no horário que desejar. O objetivo é atualizar a capacitar profissionais e estudantes com conhecimento técnico para que possam executar os serviços em todo o sistema de suspensão.

O EAD da Nakata foi lançado em 2018 com o primeiro curso abordando o tema dos amortecedores. Para fazer a inscrição e acessar o conteúdo, basta acessar o site: cursodomecanico.com.br/categorias/suspensao.




Monroe checa sistema de suspensão em Passo Fundo/RS



A Monroe realiza checagem gratuita do sistema de suspensão em Passo Fundo/RS, entre os dias 7 e 9 de agosto. A ação Monroe na Área em parceria com a loja Mecânica Toni vai realizar uma inspeção onde especialistas da empresa farão um diagnóstico completo dos amortecedores, que é entregue aos motoristas. Caso seja reprovado, indicam o estabelecimento autorizado mais próximo para a troca das peças.

Serviço
Monroe na Área
Data: 7 a 9 de agosto
Horário: das 9h às 17h
Loja Parceira: Mecânica Toni
Local: Av. Major Schell, 668 – Vila Fátima – Passo Fundo/RS
Tel.: (54) 3632-6008




Nakata realiza curso gratuito sobre suspensão no Senai Ipiranga


A Nakata realiza curso gratuito sobre suspensão de veículos no Senai Ipiranga – Escola Conde José Vicente de Azevedo, em São Paulo, SP, de 26 a 29 de agosto, das 19h às 22h. Para participar das aulas, ministradas por um técnico da Nakata, basta ter idade mínima de 18 anos e conhecimento em mecânica. Ao final do curso, os alunos recebem certificado de conclusão. O curso será sobre aplicação correta das peças de suspensão, entender o diagnóstico e principais problemas ao efetuar a manutenção. As inscrições devem ser feitas pela Central de Atendimento da Nakata pelo telefone 0800-707-8022.
Serviço:
Curso gratuito de sistema suspensão
Data:
26 a 29 de agosto
Horário: das 19 h às 22 h
Local: Escola Conde José Vicente de Azevedo – Senai Ipiranga
Rua Moreira de Godói, 226 – Ipiranga/SP




Monroe na Área checa suspensão em Belo Horizonte/MG



A Monroe realiza checagem gratuita da suspensão em Belo Horizonte/MG nos dias 10 e 12 de julho. A ação Monroe na Área, em parceria com a loja Pneupam, fará um diagnóstico completo dos amortecedores dos carros que passarem pela loja, que é entregue aos motoristas. Caso seja reprovado, os técnicos indicam o estabelecimento autorizado mais próximo para a troca das peças.

Serviço – Monroe na Área
Data:
10 a 12 de julho
Horário: dias 10 e 11, das 9h às 17h; dia 12, das 9h às 15h
Loja Parceira: Pneupam
Local: Av. Antônio Abraão Caram, 690 – Pampulha – Belo Horizonte/MG
Tel.: (31) 3491-5000




Suspensão – Troca dos Amortecedores e Bandejas do Honda Fit

 

Acompanhe o processo completo de manutenção da suspensão da segunda geração do monovolume

por Gustavo de Sá
fotos Lucas Porto

 

Além de buscar informação técnica, é essencial para o dia a dia do mecânico manter as ferramentas da oficina sempre atualizadas. Afinal, cada componente exige um cuidado específico em relação ao procedimento adequado e à aplicação do instrumento certo. Na manutenção de todo o sistema de suspensão, alguns itens específicos são necessários, como o encolhedor de molas, o sacador de pivô e uma ferramenta para destacar o pivô da manga de eixo (conhecida popularmente por “cajado”).

 

Como o nome aponta, o sacador de pivô é utilizado para remover o pivô sem danificar o conjunto. “O mecânico jamais deve dar pancadas com marretas ou utilizar maçaricos para remover pivôs. O furo da contra peça e o pino são cônicos. Se for utilizado o martelo, irá ovalizar o furo, alterando o ponto de assentamento e causando alto risco de quebra do pino do pivô com o veículo em movimento”, explica Eduardo Guimarães, assistente técnico da Nakata.

 

Nesta reportagem, acompanhe o procedimento completo de substituição dos amortecedores, bandejas, pivôs e bieletas em um exemplar da segunda geração do Honda Fit, ano 2009, com mais de 95 mil quilômetros rodados. Ao final do processo de troca dos amortecedores, é imprescindível realizar o alinhamento da direção.

 

“É importante realizar inspeções periódicas em todos o sistema de suspensão a cada 10.000 quilômetros rodados. O motorista precisa ficar atento a ruídos ou impactos acentuados ao passar por buracos, lombadas ou valetas, balanço excessivo em arrancadas e frenagens, vazamentos de óleo no amortecedor e desgaste irregular dos pneus”, afirma o assistente técnico da Nakata.

 

EIXO DIANTEIRO

 

1) Remova o acabamento dos braços limpadores de para-brisa.

1

 

2) Com um soquete e chave 14 mm, retire a porca de fixação dos braços e remova-os.

2

 

3) Para ter acesso à fixação superior dos amortecedores, é necessário remover a grelha de proteção e escoamento de água (conhecida popularmente como churrasqueira). Para isso, remova o grampo de fixação com chave de fenda.

3

 

4) Com cuidado, solte os 9 grampos de fixação da churrasqueira e remova-a.

4

 

5) Para retirar completamente a churrasqueira, é preciso desconectar a ligação do tubo do líquido limpador do para-brisa.

5

 

6) Com uma chave allen 6 mm e outra chave de 17 mm, afrouxe a porca de fixação superior do amortecedor.

6

 

7) Com chave allen 5 mm e chave 10 mm, solte a fixação superior da bieleta.

7

 

8) Utilize uma chave 12 mm para soltar o suporte do flexível de freio.

8

 

9) Desconecte o cabeamento do sistema de freios ABS.

9

 

10) Com uma chave 14 mm e allen de 5 mm, solte agora a fixação inferior da bieleta.

10

 

11) Com ajuda de uma pneumática, um soquete 19 mm e uma chave estriada de 19 mm, remova a porca de fixação da base do amortecedor com a manga de eixo.

11

 

12) Termine de soltar a fixação superior do amortecedor com chave 17 mm.

12

 

13) Remova a torre de suspensão dianteira.

13

 

NA BANCADA

 

14) Com chave 19 mm e outra allen 6 mm, solte a fixação do coxim do amortecedor.

14

 

15) Utilize um encolhedor de molas para realizar a desmontagem dos componentes.

15

 

16) Com o novo amortecedor fixo à morsa, realize o escorvamento (ou sangria). Faça o deslocamento vertical da haste cerca de 5 vezes para remover bolhas de ar ou de gás nitrogênio do tubo de pressão.

16

 

17) Comece a montagem na nova torre de suspensão instalando a mola.

17

 

18) Aplique o kit de reparo, que é composto por coifa, batente e coxim superior com rolamento.

18

 

19) Com a mola recolhida, instale o rolamento superior e faça o aperto da porca de fixação do conjunto.

19

Importante: Após feito o escorvamento, o amortecedor nunca pode ficar na posição horizontal. Tenha sempre o cuidado de mantê-lo na posição vertical até a instalação no veículo.

 

20) A instalação do amortecedor segue o procedimento inverso ao da desmontagem, com os torques de aperto recomendados pelo fabricante. O torque de aperto final é dado apenas com o veículo apoiado no solo. Tome o cuidado de instalar as porcas de fixação inferior no mesmo sentido em que estavam originalmente instaladas.

20

 

BANDEJAS E BIELETAS

 

21) Com uma chave 14 mm e allen de 5 mm, solte a fixação inferior da bieleta.

21

 

22) Remova a bieleta antiga.

22

 

23) Com alicate e chave de fenda, abra a cupilha de travamento da porca do pivô e puxe-a.

23

 

24) Solte a porca do pivô com chave 19 mm.

24

 

25) Remova o pivô com um sacador de pivô.

25

Importante: Não utilize martelo ou marreta para este procedimento. O furo da contra peça e o pino são cônicos. Ele deve ter perfeito assentamento. Se for utilizado o martelo, irá ovalizar o furo, alterando o ponto de assentamento e causando alto risco de quebra.

 

26) Utilize uma ferramenta especial para destacar o pivô da manga de eixo (popularmente conhecida como “cajado”).

26

 

27) Com a parafusadeira pneumática e soquete 19 mm, remova os quatro parafusos de fixação da bandeja. Remova a bandeja.

27

 

28) Cada um dos parafusos do passo anterior possui comprimento diferente. Por isso, na hora da retirada, atente-se para posição correta de cada m para facilitar o processo de montagem.

28

 

29) Instale a nova bandeja e aplique os parafusos com o torque recomendado pelo fabricante.

29

 

30) Reinstale a porca e a nova cupilha do pivô.

30

 

31) Instale a nova bieleta. O aperto final de todo o conjunto de acordo com a recomendação do fabricante é feito

31

somente com o veículo no solo.

 

EIXO TRASEIRO

 

32) Com o carro no elevador, apoie o amortecedor sobre um cavalete.

32

 

33) Utilize uma chave estria 14 mm e allen de 5 mm para remover a fixação superior do amortecedor traseiro. O acesso é feito pelo porta-malas, sendo necessária apenas a remoção de um acabamento plástico.

33

 

34) Na fixação inferior, utilize um soquete 14 mm e remova o amortecedor.

34

 

35) Assim como no componente dianteiro, é essencial realizar o escorvamento da nova peça traseira.

35

 

36) Instale o batente.

36

 

37) Coloque a arruela de encosto.

37

 

38) Instale o guarda-pó.

38

 

39) Instale a arruela de encosto e o tubo espaçador.

39

 

40) Coloque os coxins com as partes planas voltadas para o centro (as partes cônicas dos dois coxins devem apontar, respectivamente, para cima e para baixo). Um deles é inserido na bancada. O outro, com a peça instalada na carroceria.

40

 

41) A instalação do novo amortecedor traseiro segue o inverso da desmontagem.

41

 

Mais informações

Nakata: 0800-707-8022




Nakata apresenta bandejas de suspensão para Hyundai HR



A Nakata lança as bandejas de suspensão para o modelo HR da Hyundai, fabricado de 2004 a 2019. Os componentes apresentam códigos NBJ8003DP e NBJ8003EP, direito e esquerdo, respectivamente, dianteiro inferior, com buchas, batente e pivô.




Monroe na Área avalia sistemas de suspensão em Brasília/DF

A Monroe realiza avaliações gratuitas do sistema de
suspensão em Brasilia/DF entre os dias 24 e 26 de abril. A ação ocorre em
parceria com a loja Hiper Car Brasília. Durante a inspeção, especialistas da
empresa fazem diagnóstico completo dos amortecedores, que é entregue aos
motoristas. Caso seja reprovado, indicam o estabelecimento autorizado mais
próximo para a troca das peças. “O Monroe na Área visa estreitar o
relacionamento com os clientes por meio da conscientização. Basicamente, a ação
beneficia os motoristas com informações sobre manutenção preventiva o que,
consequentemente, colabora para o aumento da segurança no trânsito”, salienta o
gerente de Vendas e Marketing da Monroe, Edison Vieira.



Serviço – Monroe
na Área

Data: 24 a 26
de abril

Horário: 9h às
12h e das 13h às 17h

Loja Parceira:
Hiper Car Brasília

Local: Av.
SCEE- Sul Lote B – Box ES01 – CEP: 72.218-900 – Guará – DF

Estacionamento Hiper Mercado Carrefour ao lado do Park
Shopping

Tel.: (61)
3554-1000