Rede PitStop celebra 10 anos com foco em novo conceito de varejo



A Rede PitStop comemora 10 anos com foco em novo conceito em varejo para o mercado de reposição. A empresa quer disseminar entre seus associados a importância de se ter uma loja cada vez mais voltada às novas tendências de consumo, nas quais os consumidores procuram por comodidade e devem ser levados a novas experiências no momento da compra. Com isso, o objetivo é mostrar o impacto, por exemplo, de se ter espaço com foco no Autoatendimento.

A marca ainda destaca que serão realizadas ações para apresentar outras inovações e fortalecer ainda mais o trabalho já realizado nos Clubes, que reúnem benefícios exclusivos oferecidos aos associados como Clube da Informação, Clube da Formação, Clube da Tecnologia, Clube de Negócios e Clube Financeiro.




Rede PitStop inicia as comemorações dos 10 anos durante a Automec 2019

A Rede PitStop completa 10 anos de atividades em 2019 e dará
início às comemorações durante a Automec 2019. Durante esse ano a empresa irá
realizar diversas atividades de comemoração, além de fortalecer o trabalho já
realizado nos Clubes, que reúnem benefícios exclusivos oferecidos aos
associados como Clube da Informação, Clube da Formação, Clube da Tecnologia, Clube
de Negócios e Clube Financeiro.



“Quem visitar a Rede PitStop na Automec poderá conhecer
melhor esses benefícios e principalmente saber das novidades. Como diz nosso
slogan Quem Faz Parte Evolui, nós queremos mostrar que continuamos focados em
oferecer ainda mais aos nossos associados para que continuem a evoluir com seus
negócios”, comenta o diretor da Rede PitStop, Paulo Fabiano.



Serviço:

Automec 2019 – 14ª
Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços

Data: 23 a 27
de abril de 2019

Horário: das
13h às 21h (terça à sexta-feira) / das 9h às 17h (sábado)

Local: São
Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – Vila Água Funda




Rede PitStop investe em capacitação formando mais de 20 mil profissionais



A Rede PitStop comemora a formação de mais de 20 mil pessoas nos últimos anos. Por meio do Clube da Formação, a rede associativista oferece aos adjuntos, de forma gratuita, uma série de treinamentos de qualificação profissional que abordam temas como marketing, finanças, estratégias comerciais, vendas e logística.

Em 2018, passaram pelos cursos mais de 2,9 mil profissionais. “É importante que os associados incentivem os colaboradores a participar do Clube da Formação. Já estamos iniciando a programação de 2019 e vamos manter sempre o mesmo ritmo para levar conhecimento a todos que fazem parte da Rede PitStop”, reforça Paulo Fabiano.

A Rede PitStop também disponibiliza todo o conteúdo apresentado nos treinamentos para que o associado possa consultar a qualquer momento, o que fortalece o compartilhamento e disseminação do conhecimento nas empresas. Com isso, mesmo os profissionais que não estiveram nos treinamentos podem consumir o material didático desenvolvido por empresa especializada em capacitação.




Rede PitStop fecha parceria com Sem Parar



A Rede PitStop fecha parceria com o Sem Parar para que os associados da rede de autopeças tenham acesso à plataforma “Negócios em Rede” e possam oferecer a seus clientes os adesivos do sistema de pagamento automático. Os membros serão classificados como revendedores do Sem Parar e contarão com identificação nas lojas comercializando o plano Adesão Zero, que permite o uso em todas as rodovias pedagiadas e em mais de 1.000 pontos urbanos, entre eles postos de combustível, estacionamentos de shoppings, aeroportos, centros comerciais, universidades, escolas, medicina diagnóstica, entre outros.




Entrevista – Associativismo para auxiliar o mecânico

 

Texto: Edson Ragassi
Foto: Divulgação

 

Focada no aftermarket, a Rede PitStop está presente em todo o território nacional. Como no exterior, atua para atender a linha leve e pesada. Apesar de ser uma multinacional, adequou-se às necessidades do mercado brasileiro. Ela trabalha no sistema associativista. Entre as ações executadas, têm um programa que auxilia a encontrar a peça correta. Nesta entrevista exclusiva, o diretor da Rede PitStop, Paulo Fabiano Navi, fala sobre a atuação no Brasil e projeta os planos futuros..

Revista O Mecânico: Atualmente como é formada a Rede PitStop e qual seu objetivo no mercado de reposição?

Paulo Fabiano Navi: Presente em mais de 50 países, a PitStop chegou ao Brasil há nove anos pelas mãos do Grupo Comolatti (Sama, Laguna, Pellegrino e Roles). Atualmente conta com mais de mil associados, espalhados por 530 cidades em quase todo território nacional. Referência no mercado internacional, a PitStop segue os mesmos padrões do Groupauto Internacional, mas adequada a realidade do aftermarket brasileiro. Tanto no Brasil quanto no exterior, a rede atua em duas frentes: a Eurogarage, voltada para a linha de veículos leves; e a Top Truck, para a linha de pesados.

 

O Mecânico: Qual o posicionamento da Rede Pist Stop perante o consumidor final e os mecânicos independentes?

Navi: Apesar de parecida, a operação da PitStop é diferente do sistema de franquias tradicionais. Nós operamos no modelo de associativismo, ou seja, transformando o ponto de venda, começando os trabalhos através das consultorias, que adapta o ponto já existente aos padrões da rede, de acordo com a capacidade de tempo e de investimento de cada membro.

Para o consumidor final somos uma rede que atua no mercado automotivo, presente em mais de 530 cidades brasileiras. Já para o mecânico independente nosso posicionamento é direto. Queremos ser o principal parceiro de negócio, através de um dos nossos mais de mil pontos de vendas, que são capazes de oferecer estoque diversificado, atendimento qualificado e amplo portfólio com as principais marcas do mercado.

 

“Atualmente conta com mais de mil associados, espalhados por 530 cidades em quase todo território nacional”

 

O Mecânico:A idade média da frota de autoveículos gira em torno de 9 anos e 3 meses. Os serviços prestados pela Rede atendem qual porcentagem desta frota?

Navi: A Rede PitStop através de nossa equipe de consultores e programas de formação, desenvolvem ações de capacitação e treinamento dos nossos membros que entre outros, envolvem temas como supply chain, curva ABC de produtos, ou seja, um trabalho constante para que o portfólio das lojas esteja próximo da frota circulante. Outra solução que a Rede encontrou para isso foi o uso da tecnologia. Os associados contam com um catálogo exclusivo, o Enciclopeça, que auxilia na busca da peça com a correta aplicação.

 

O Mecânico: No plano de negócios da Rede PitStop, qual a importância do mecânico independente?

Navi: O mecânico é peça estratégica na equação do aftermarket. É o primeiro contato do consumidor com toda a cadeia, ou seja, estamos sempre desenvolvendo e preparando nossa Rede para atender da melhor forma possível o mecânico independente, de maneira a suprir as necessidades para encontrar a peça.

 

O Mecânico: Encerrado o ano de 2017 qual o balanço que a empresa faz?

Navi: Em 2017, a PitStop assim como em todos os anos, continuou crescendo. Mas vale salientar que a Rede cresceu tanto por novos membros, assim como por membros que já estavam na Rede e que abriram segundos, terceiros pontos de venda. Temos associados que entraram para rede com apenas uma loja e hoje possuem diversos pontos comerciais.

 

O Mecânico: Passado o primeiro quadrimestre de 2018, a expectativa é de crescer? Em qual porcentagem?

Navi: im, nossa expectativa é continuar crescendo. Entendemos que o ano de 2018, mesmo sendo um ano de Copa do Mundo e eleições será um ano de muitas possibilidades de crescimento para o aftermarket.

 

“O mecânico é peça estratégica na equação do aftermarket. É o primeiro contato do consumidor com toda a cadeia”

 

O Mecânico: E o mecânico independente, o que pode esperar da Rede PitStop?

Navi: Queremos ser a maior e mais completa rede de varejo. Capaz de garantir bom atendimento, entrega rápida, estoque diversificado e firmar-se como um real parceiro de negócios.