Novos ônibus da Volvo vão circular em São Paulo/SP com câmbio da Voith



A Viação Santa Brígida adquiriu 120 novos ônibus Volvo B250R para sua frota na cidade de São Paulo a partir do segundo semestre. As unidades são equipadas com o câmbio automático a Diwa.6 da Voith. Segundo a fabricante do sistema de transmissão, o câmbio Diwa.6 mantém o princípio de aceleração e frenagem em circuito hidrodinâmico único além da combinação de transmissão continuamente variável (CVT) e convencional que proporciona menor frequência de trocas de marchas e menor desgaste em todo o sistema.

“O fornecimento à Volvo busca disponibilizar à cidade de São Paulo e a todos os nossos clientes, condições de segurança e conforto para uma viagem tranquila e eficiente. Trabalhamos para proporcionar a melhor experiência ao passageiro do transporte urbano”, diz Fabio Manzini, Gerente de Vendas da Divisão de Mobilidade da Voith Turbo no Brasil. A nova frota da Viação Santa Brígida se unirá aos outros 110 veículos do mesmo chassi que já circulam pela região Noroeste da capital paulista desde setembro do ano passado.




Meritor divulga calendário de treinamentos gratuitos sobre eixos

A Meritor inicia em 26/01 sua temporada de treinamentos sobre eixos diferenciais desenvolvidos pela sua divisão de Aftermarket. As aulas gratuitas, que serão realizadas na fábrica de Osasco/SP, visam atender a aplicadores, mecânicos, frotistas e vendedores. De acordo com a fabricante, os participantes terão acesso a um programa que capacita a realizar corretamente a manutenção dos diferenciais bem como identificar qual a causa raiz dos principais problemas que podem ocasionar falhas de um eixo, por meio de curso teórico e prático, ministrado por técnicos especializados na área.

O treinamento aborda assuntos que vão desde a apresentação de linhas de produtos Meritor, passando pelo esclarecimento sobre funcionamento, análise de falhas, até a montagem e desmontagem de eixo diferencial. “Assim como ocorre todos os anos, o objetivo é mostrar a melhor forma de utilizar os componentes Meritor e tirar sempre o melhor proveito dos nossos produtos”, explica Luis Marques, gerente de Marketing e Aftermarket da Meritor. A novidade para este ano será a inclusão dos eixos MS 113 e MS 124 na grade.

Calendário de datas 2019:
26 de Janeiro
09 e 23 Fevereiro
09 e 23 Março
13 e 27 Abril
11 e 25 Maio
08 e 29 Junho
13 e 27 Julho
10 e 24 Agosto
14 e 28 Setembro
05 e 26 Outubro
09 e 23 Novembro
14 de Dezembro

As aulas serão ministradas aos sábados em período integral, com carga horária de oito horas. Ao término, os alunos receberão um certificado de capacitação profissional em eixos diferenciais.

SERVIÇO
Treinamento em manutenção de eixos diferenciais Meritor

Local: Fábrica da Meritor em Osasco/SP
Endereço: Av. João Batista, 825 – Centro, Osasco/SP
Inscrições: acesse o site www.meritorservicos.com/treinamento-fabrica, preencha a ficha de inscrição e encaminhe e-mail para frotaparceira.saopaulo@meritor.com
Mais informações: pelo telefone 0800-55-5530 ou WhatsApp (11) 94455-5327




Daimler Trucks lança caminhões elétricos nos Estados Unidos


A Daimler Group, empresa da qual a Mercedez-Benz faz parte, lançou nos Estados Unidos dois modelos de caminhões elétricos: o Freightliner eCascadia e uma versão do Freightliner eM2 106 do segmento de caminhões médios (PBT de 9 a 12 toneladas).

O Freightliner eCascadia se baseia no Cascadia, caminhão pesado para longa distância. Por baixo do capô estilo americano se escondem 730 cv. A 550 kWh, suas baterias fornecem energia suficiente para uma autonomia de até 400 km, podendo recarregar 80% de sua bateria em 90 minutos para rodar mais 320 km. Já o caminhão leve Freightliner eM2 106 é indicado para operações de distribuição. As baterias da nova versão elétrica proporcionam 325 KWh para até 480 cv. A autonomia do eM2 gira em torno de 370 km. É possível carregar 80% de sua bateria em 60 minutos, o que é possibilita uma autonomia de cerca de 300 km.

Durante o evento Capital Market & Technology Days em Portland (EUA), que foi palco dos lançamentos, também foi anunciado a criação da unidade global E-Mobility Group (EMG), que consolida o know-how global da Companhia em trens de força elétricos para veículos comerciais. A Daimler Trucks North America (DTNA) planeja entregar durante este ano uma frota com cerca de 30 caminhões elétricos a seus clientes dos Estados Unidos. Com os dois “e-trucks” da Freightliner, o Mercedes-Benz eActros, o FUSO eCanter, o ônibus urbano Citaro totalmente elétrico da Mercedes-Benz e o ônibus escolar Thomas Built Saf-T Liner C2 Jouley.




Eaton lança linhas de tomadas de força e bombas hidráulicas



A Eaton apresenta ao mercado de reposição a nova linha de tomadas de força para caixas de câmbio e bombas hidráulicas de engrenagens. O objetivo da empresa é contribuir para a eficiência dos veículos que utilizam implementos com movimentação, já que o sistema desempenha um papel fundamental para o bom funcionamento do veículo e envolve inclusive questões de segurança. Compostas por mais de 150 itens, as novas linhas estão disponíveis na rede de distribuidores da empresa.

“Com o mercado muito exigente, os caminhões mais novos chegam a ter até três anos de garantia, por isso optar por tomadas de força originais permite manter a garantia da caixa de câmbio trazendo tranquilidade ao proprietário do veículo, afinal este é um item a menos para ele se preocupar”, comenta o responsável pela inteligência de mercado de Aftermarket da Eaton, Felipe Bolognesi.




UFI Filters anuncia fábrica em Jundiaí/SP para produção de filtros automotivos

Richard Hubbell, Rinaldo Facchini, Luiz Fernando Machado (Prefeito de Jundiaí), Giorgio Girondi e Eugenio Marianno


Multinacional especialista em módulos de filtragem de combustível para veículos diesel, com presença em mais de 70 países em todo o mundo, a UFI Filters anunciou a construção de nova fábrica em Jundiaí/SP para atender fabricantes de automóveis e reposição no mercado brasileiro, América Latina e Estados Unidos. Na mesma cidade do interior paulista, a empresa tem sede e produz desde julho 2016 módulos de filtragem do óleo para a picape Chevrolet S10 diesel.

Prevista para 2020, a nova fábrica deve gerar 300 postos de trabalho e a expectativa em termos de resultados é que represente 15% do faturamento global, estimado em 500 milhões de euros em 2017.

Com portfólio de mais de 3 mil produtos, a empresa produz anualmente mais de 70 milhões de filtros (ar, óleo, cabine e combustível) para o setor automotivo, incluindo veículos leves, pesados carros de Fórmula 1, além de equipamentos agrícolas, marítimo, industrial e engenharia mecânica e agora marca a sua presença no mercado brasileiro.

Entre as tecnologias desenvolvidas em filtros de combustível, por exemplo, está a DFM (Deep Filtration Media), projetada para a separação de água e filtragem de impurezas do combustível diesel, nas linhas de produtos Gen 2, ONE, DURALFILTER e DEFENDER. Os filtros de combustível com esta tecnologia avançada contam com três camadas diferentes para separação de partículas de até 3 microns e função coalescente para separação de água, com a retenção de 99,9% de impurezas para garantir alta proteção e melhor performance dos motores.

As operações no Brasil serão comandadas por Eugenio Marianno, Diretor Geral, que tem experiência no mercado, tendo passado por cargos diretivos em empresas do setor, e as equipes de vendas estão sob a supervisão de Cassio Novelli para Equipamento Original (OEM) e de Pedro Henrique Almeida para o Mercado de Reposição (Aftermarket). O evento de anúncio da fábrica que aconteceu no último dia 9/02 reuniu 75 executivos da companhia de todos os continentes. Além do Chairman da companhia, Giorgio Girondi, e do CEO, Rinaldo Facchini, vieram ao Brasil os principais executivos do grupo de várias partes do mundo, como China, Índia, Tunísia, Europa e Estados Unidos.

Segundo Rinaldo Facchini, a atuação no mercado brasileiro é muito importante para a empresa que já fabrica filtros para diversas montadoras que estão aqui instaladas. “Ficamos muito entusiasmados com a possibilidade de estarmos presentes no Brasil, um mercado em evolução. Estamos preparados para competir, pois oferecemos produtos de qualidade e temos know-how e tecnologia”, afirma. Ele revela também que o mercado de reposição é altamente atrativo e apresenta boas oportunidades de crescimento.




Mobil lança primeiro óleo com tecnologia API CK-4 para motores diesel no Brasil



O Mobil Delvac Evolution é o primeiro óleo de motor a diesel lançado no Brasil que atende a norma técnica API CK-4. Disponível na viscosidade 15W-40, com embalagem de 20 litros e tambor de 200 litros, a fabricante afirma que o lubrificante novidade atende e excede a performance exigida pelas principais montadoras do país.

“Em comparação ao produto descontinuado, Mobil Delvac Euro 5 (API CJ-4), o Mobil Delvac Evolution (API CK-4) traz 80% de melhora no controle de viscosidade em alta temperatura, 20% de melhora na proteção contra desgastes (50% a mais do que o requerido pela norma) e 50% de melhora na resistência a oxidação, o que garante maior vida útil do óleo”, explica Roberta Maia, gerente de marketing da Mobil.

Por meio da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), a legislação brasileira exige que os óleos lubrificantes apresentem classificações como a API (American Petroleum Institute), que aponta a qualidade dos produtos, e a SAE (Society of Automotive Engineers), que informa o tipo de viscosidade. Portanto, essas siglas existentes nos rótulos das embalagens não são meramente ilustrativas, pelo contrário, elas são essenciais para identificar o produto e assegurar o desempenho oferecido.

Para conquistar cada um desses certificados é necessário que o óleo cumpra uma série de requisitos e critérios pré-estabelecidos que determinam o tipo e a qualidade do produto, por isso são tão importantes. Essas especificações também norteiam o consumidor na escolha adequada do lubrificante e estão presentes no manual do fabricante do veículo, com a finalidade de indicarem a norma ideal para cada motor.

No caso da certificação API, há uma divisão em duas subcategorias: “C”, para veículos com combustão espontânea, como os de motores a diesel, e “S”, destinada a veículos com combustão interna, como os de motores a gasolina, etanol e GNV. A letra que acompanha o “C”, por exemplo, diz respeito à tecnologia e o desempenho dos lubrificantes, e aumenta de acordo com a ordem das letras do alfabeto. O máximo encontrado no mercado para veículos à diesel era o “CJ”. Pela nova regulamentação da ANP, a classificação mínima a partir de 2017 é a “CH”.




Marcopolo cria versão do ônibus Torino com manutenção facilitada



A Marcopolo lança uma nova versão do seu modelo urbano de maior sucesso, o Torino S. O produto foi desenvolvido para garantir eficiência operacional, com manutenção simplificada, mais rápida, gerando menos custos. São 24 diferentes configurações para os cinco principais modelos de chassis urbanos vendidos no Brasil, de 11.200 mm até 13.200 mm de comprimento. O novo Torino S será montado inicialmente em chassis Mercedes-Benz OF 1519, OF 1721 e OF 1721 L e os MAN VW 15.190 OD e VW 17.230 OD.

Para tornar mais eficiente a operação dos veículos, a Marcopolo dedicou especial atenção à padronização de componentes. Com isto, conseguiu diminuir a necessidade de itens de reparo em estoque nas garagens. Vidros laterais intercambiáveis, saias laterais retas, faróis redondos com lâmpadas de LED e as opções de chassis são alguns exemplos adotados para reduzir o tempo de entrega do carro.

A empresa desenvolveu uma nova tampa superior para acesso ao sistema de abertura das portas. Em ABS, em vez de fibra de vidro, permite acesso mais rápido, amplia sua vida útil e diminui possíveis ruídos decorrentes de vibrações geradas pelas irregularidades das ruas e avenidas, além de colaborar com o meio ambiente O sistema de abertura e fechamento das portas conta com nova estrutura e bandeja que ampliam a vida útil dos pistões de acionamento.



A visibilidade é item crítico no trânsito urbano, ainda mais em dias de chuva. Para garantir a perfeita visão do motorista e a segurança dos passageiros, a Marcopolo desenvolveu um novo sistema de limpador de para-brisa, com melhor funcionamento e limpeza da área de visão. Os novos braços proporcionam maior pressão das palhetas sobre o vidro, limpando a área de maneira uniforme e completa.

Focando na rapidez e custo de reparação, a nova versão ganhou também saias laterais retas, aro de rodas em borracha e placa do veículo incorporada (não mais no para-choque traseiro), e vidros laterais intercambiáveis em um único tamanho. O veículo conta ainda com espelhos retrovisores mais modernos e eficientes, tomadas de ar de teto com novo formato e sistemas de fixação e vedação de fácil acesso e manuseio para os usuários. O resultado de todo o trabalho de marketing e engenharia da Marcopolo é a redução do tempo do veículo parado para manutenção, com serviços facilitados. Até mesmo os chicotes elétricos foram separados em dianteiro e traseiro, redesenhados e reposicionados, facilitando o acesso e a manutenção.

Para o motorista, o posto de condução foi totalmente redesenhado para ampliar conforto, ergonomia e facilitar o acesso aos comandos. Ganhou console mais ergonômico e defroster instalado sob o painel, o que proporciona maior espaço para pernas e para a sua movimentação. Também passou a contar com novas saídas de ar no painel, no teto e para as pernas, com ventilação mais forte e eficiente. Os itens de manutenção e a central elétrica também foram posicionados junto ao condutor para facilitar o seu controle.

O novo painel de instrumentos conta com teclas de comando do tipo IP66 (padrão europeu) e o seu projeto garante maior isolamento e vedação e facilita as operações de limpeza do veículo. A tampa superior interna frontal do itinerário foi redesenhada e permite o acesso ao equipamento pelo interior do ônibus.



O novo Torino S será produzido na fábrica da Marcopolo Rio, em Xerém. A expectativa da fabricante é comercializar mais de 1 mil unidades ao longo de 2017 e que a versão tenha uma expressiva participação do volume total de veículos dos modelos urbanos. Para mais eficiência e produtividade na fabricação do novo Torino S, a Marcopolo projetou em sua operação uma linha exclusiva e dedicada, que possui algumas inovações e diferenciais em relação à linha onde são montados os demais modelos Torino.




Petronas lança lubrificante Urania com tecnologia ViscGuard



A Petronas lança o lubrificante Urania com tecnologia ViscGuard para motores diesel de veículos pesados. A tecnologia, explica a fabricante, atua para dispersar a formação de resíduos, além de manter a viscosidade do lubrificante estável para uma maior vida útil do motor. A empresa afirma que, em comparação com os lubrificantes convencionais, o Petronas Urania com tecnologia ViscGuard, em testes, foi até 89% melhor na manutenção ideal da viscosidade ideal de lubrificante, mesmo sob condições elevadas de fuligem. Ele ainda teve um resultado melhor na eficiência do controle do acúmulo de carbono.




thyssenkrupp desenvolve peças de suspensão e amplia pós-venda



A thyssenkrupp anuncia está reforçando sua atuação no mercado de reposição de autopeças para veículos pesados e comerciais. O objetivo é aumentar a oferta de componentes de suspensão, como molas e barras estabilizadoras, por meio da expansão de sua rede de distribuidores. Os produtos, durante muitos anos, foram comercializados no mercado nacional sob a marca Hoesch.

A empresa também está ampliando o seu portfólio de produtos para caminhões, ônibus e micro-ônibus, linhas de pick-ups e veículos extrapesados – utilizados em segmentos específicos como o de agribusiness e de mineração. Até setembro deste ano, a meta da empresa é disponibilizar no mercado um mix de produtos que atenda até 90% da frota de veículos pesados e comerciais em circulação no País.

“Nos últimos anos, duplicamos nossa presença no aftermarket por meio de nossos canais de vendas, sobretudo em regiões com forte demanda reprimida. Para isso, temos desenvolvido um trabalho de longo prazo junto à nossa cadeia de distribuição para apresentar cada produto disponível em nosso portfólio, de modo que os consumidores locais possam conhecer bem os nossos diferenciais”, explica Sergio Savazzi, CEO da unidade Springs & Stabilizers da thyssenkrupp para o Brasil.




Temperatura amena pede atenção com velas aquecedoras, aponta NGK



Para garantir que as temperaturas mais amenas do outono não prejudiquem o funcionamento de veículos movidos a diesel, de médio e pequeno porte, é preciso ficar atento às condições das velas aquecedoras.

De acordo com a NGK, fabricante de velas aquecedoras, o componente tem a função de facilitar a partida do motor quando ele está frio e estabilizar o seu funcionamento, evitando falhas. Além disso, as velas aquecedoras otimizam a queima de combustível, evitam falhas de funcionamento no motor, reduzem o nível de emissão de poluentes e de fumaça branca na fase fria do motor.

Dificuldades na partida, emissão de fumaça branca no escapamento com o motor frio e lâmpada de avaria acesa no painel, no caso dos veículos mais novos, são sintomas de que a vela aquecedora está comprometida. “Se o motorista notar esses sinais, o recomendado é que ele procure por uma oficina de confiança, já que isso pode gerar outros problemas no veículo, especialmente no motor”, explica o consultor de Assistência Técnica da NGK, Hiromori Mori. O especialista alerta que o ideal é optar sempre pela manutenção preventiva.

Veículos mais antigos precisam de um cuidado ainda maior, já que as velas aquecedoras têm a sua vida útil determinada por ciclos de aquecimento. “Nesses casos, o componente é acionado em todas as partidas, e não somente quando a temperatura do motor está fria. Por isso, defeitos na peça podem ocorrer com maior frequência nestes veículos”, diz Mori.

O Consultor de Assistência Técnica da NGK recomenda ainda que sempre que necessária a substituição do componente, seja realizada também a troca de todo o conjunto de velas. Já que quando um dos itens apresenta falha, os outros tendem a apresentar problemas logo em seguida.