Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Setor automotivo registra segundo melhor resultado da história

As vendas totais de veículos no varejo – automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos rodoviários – caíram em 6,28% se comparadas com o primeiro semestre de 2008 com o de 2009. Este resultado, apesar da queda, é o segundo melhor de todos os tempos.

O setor de automóveis e comerciais leves registrou crescimento de 4,14% comparando os acumulados de 2009 e 2008. De maio para junho, o segmento registrou alta de 22,08%. Já o segmento de caminhões apresentou retração de 19,97% comparando o primeiro semestre de 2009 com o do ano anterior. No entanto, entre maio e junho, o setor registrou crescimento de 12,67%. No de ônibus apresentou queda de 12,92%. De maio para junho foi registrado queda de 9,17%.

No segmento de implementos rodoviários houve decréscimo de 25,55% referente. Entre maio e junho, o setor apresentou crescimento de 8,39%, enquanto as vendas do setor de duas rodas caíram, com retração de 19,49%. Em maio e junho, a queda foi bem menor, de 0,28%.

De acordo o presidente da Fenabrave, Sérgio Reze, a gestão de política monetária, somada ao fortalecimento do Real como moeda no mercado internacional e a redução das taxas de juros foram acertadas e proporcionaram, no mercado interno, reflexos positivos como a elevação dos prazos de financiamentos. “Antes da crise, os prazos médios eram de 42 meses para os financiamentos de automóveis. A partir de outubro, essa média caiu para 33 meses e agora começa a subir novamente”, explica. Além disso, os novos incentivos concedidos pelo governo para o financiamento de caminhões devem ter impacto a partir de 2010.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php