Advertisement


O 60º Salão Internacional de Hannover 2004, na Alemanha, apresentou a nova linhagem de caminhões, que esbanjam tecnologia quanto ao gerenciamento eletrônico, controle de poluição e segurança

Irene S. Câmara

73

No Brasil, enquanto falamos em motores que atendem as normas Euro III, na Europa, já estão na quinta geração de eletrônicos que atendem até a Euro V. Os avanços tecnológicos apresentados no salão surpreenderam.
Caminhões e ônibus com conceitos futuristas, sistemas de segurança inovadores etc. A Siemens, por exemplo, na área de segurança, desenvolveu um sistema de monitoramento com câmeras frontal, lateral e traseira, ao invés de espelhos retrovisores, que melhora muito a visibilidade nas manobras e, enquanto o motorista repousa, ela faz o papel de vigia. Nas manobras nem se fala. Agora, imagine um bruto desse chegando em sua oficina.

- Publicidade -

80

A eletrônica embarcada predomina, e é por isso que o aprimoramento do profissional, acompanhado de equipamentos moderníssimos e ferramentas especiais são necessidades urgentes. A Volvo, cujos veículos incorporam alta tecnologia eletrônica, já chama o mecânico de mecatrônico. O novo motor 3.0E da família NGD, entre 142 cv a 185 cv, fabricado pela International e lançado no salão, é o primeiro diesel do País, com a nova geração do sistema “Common Rail” com atuador Piezoelétrico, que possibilita múltiplas injeções e controle preciso em todas as faixas de rotação. Turbina de diagnose “on board”, que monitora todos os parâmetros do motor e do veículo.

Mercedes-Benz

Com um estande de 11.000 m2, dividido por segmento de produto, a Mercedes-Benz, com o conceito “Mais perto de você – Juntos promovendo mais mobilidade”, mostrou 51 modelos de veículos. O lançamento do Atego, ocorreu simultaneamente no Brasil e na Europa, e foi uma das atrações do estande, com a novidade do chassi 72 mm mais baixo. A empresa mostrou também, com o slogan “Segurança, Fonte de Inovações”, a Sprinter conceito equipada com um motor híbrido e futuras tecnologias de segurança.

Bancos confortáveis, cabines, amplas e modernas, em três versões, e motorização eletrônica, puderam ser vistas no Axor 2543L, e no caminhão top da linha Actros, destaque da montadora, que incorpora a tecnologia “Blue Tec”.

Essa tecnologia estará presente nos caminhões e ônibus MB a partir de 2005, atendendo as normas de emissões européias Euro IV e V e traz, como princípio, o funcionamento da “Selective Catalytic Reduction SCR” (Redução Catalítica Seletiva). Ela é baseada num sistema de pós-tratamento onde é colocado um catalizador dentro do silencioso e, com a injeção de um produto químico no sistema de escape, provoca uma reação com os gases do escapamento, reduzindo, principalmente, a quantidade de Nox (óxido de nitrogênio). A Mercedes-Benz incluiu na sua linha de produtos uma edição especial limitada com essa tecnologia que é o Actros Black com motor OM 502 LA.

- Publicidade -

Volkswagen

84

Presente no IAA, com 13.000 m2, a montadora apresentou sua linha de  vans, com versões variadas, para atender o segmento de transporte de pessoas e carga. São novidades que ainda não tem no Brasil. Por  exemplo, a van T5, com motor turbo diesel de 63 cv a 88 cv, é de quinta geração e traz, como novidade, um degrau automático que recolhe quando a porta é fechada. O destaque ficou para a nova Caravelle, uma van de luxo para hotel, que representa uma versão melhorada do microônibus, com nove assentos. A Caddy, com motor 1.4, 1.6, 1.9 e 2.0 litros; o Transporter, monobloco, com várias versões de motorização; a Multivan e, a conhecida nossa, a nova Kombi, já na quinta geração. Encontramos a versão que roda no Brasil exposta, como o antes e o depois. A atenção especial ficou com o Titan de corrida, um Super Truck que disputa o Campeonato Europeu.

Durante o salão foi anunciado, pelo vice-presidente da empresa, Roberto Cortes, a construção da nova fábrica de caminhões e ônibus em Port Elizabeth, na África do Sul. A Volkswagen completou, em 2001, 50 anos de atividades naquele país e essa será sua terceira fábrica.

Iveco

75

Presente no salão com sua gama de produtos de 3 a 6 toneladas, sendo o Stralis de 45 a 57 toneladas, o comercial leve Daily e o Eurocargo 4×4. A montadora mostrou também seus motores Euro IV, com tecnologia de ponta, preparado para ser calibrado para atender a norma Euro V. A Iveco conquistou um crescimento de 7%, considerado bom por José Maria Alapont, CEO – Chief Executive Officer da empresa, que citou o Brasil como um importante pólo que poderá ser a porta para futuras exportações. Destacou a colaboração dos fornecedores na parceria para o desenvolvimento de novas tecnologias e informou que, em novembro, lançará no Brasil o Eurocargo 17 t, que terá um motor de 210 cv. Quanto à gestão empresarial, ressaltou a nova fase da montadora, no sentido
de ser reconhecida como uma organização global.

74

No estande, foi adotado o tema “Segurança”, Cuidado com o Meio Ambiente e Produtividade na Estrada, e o destaque ficou com o Stralis 4×2, que possui controle de estabilidade eletrônico. O comercial leve Daily, foi apresentado com o novo motor 3.0, equipado com Common Rail, de 96 a 116cv (a versão de 136 cv a 166cv virá no segundo bimestre de 2005) e transmissão automática. A transmissão automática foi desenvolvida em parceria com a ZF e possui seis velocidades, cuja embreagem é gerenciada por meio de unidade de comando eletrônico, permitindo a transferência para a opção semiautomática. Ela é 50% superior em capacidade de torque, 40% superior na redução de ruídos e 20% mais leve.

Scania

82

No amplo estande da montadora, foi apresentada a nova linha de caminhões, com várias gamas de aplicações, que ganharam cabines reestilizadas, novas tecnologias, incluindo os motores de 9 litros e o de 12 litros Euro IV, com potência de 420 cv, pronto para a Euro V. Também os ônibus mostraram seu charme e tiveram como destaque o Scania Irizar PB, turístico, encarroçado luxuosamente. As estrelas, na família de caminhões, foram o Scania R580 4×2 Topline, com motor mais potente, o R 580 LA4x2MNA, um V8 de 16 litros e o Scania T 580 6×2 Topline, com um novo estilo de cabine e o motor V8 de 16 litros de 580 cv. Ambos atendem a norma Euro III.

81

Volvo

87

Segurança foi o forte da empresa na apresentação dos seus produtos no IAA. No estande de 2.100 m2, o público pode apreciar toda a sua linha de produtos, que vai do Volvo FH1, com cabine Globetrotter XL, ao Volvo FL. Os sistemas de segurança ACC- regulador de velocidade, ESP- programa de estabilidade e o TPM – monitoração da pressão dos pneus, equipam os veículos da marca. Para trabalhos pesados a atração ficou por conta do Volvo FM12, com tração 8×4 e motorização de 420 cv, eixo duplo e chassi elevado, para garantir uma excelente capacidade de concretização.

79

A Mercedes-Benz, a Volkswagen e a Iveco fizeram parte do “pool” que patrocinou a ida de vários jornalistas especializados, a convite da Anfavea, à Alemanha, para o Salão de Hannover.

Para finalizar, mostramos a foto do caminhão conceito “Radiance”, da Renault, que é o próprio futuro!

- Publicidade -