Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Prazo para etiquetagem de pneus termina em outubro, alerta IQA

626-IQA-PNEUS-ETIQUETAGEM

O IQA (Instituto da Qualidade Automotiva), organismo de certificação acreditado pelo Inmetro, alerta fabricantes e importadores para o fim do prazo de adequação ao Programa de Etiquetagem de Pneus, que passa a ser obrigatória a partir de outubro para todos os modelos fabricados no Brasil e importados.

Fabricantes e importadores têm até abril de 2017 para encaminhar os seus estoques de produtos sem etiqueta ao mercado. Já o comércio varejista deve comercializar os seus produtos sem etiqueta até abril de 2018. “Essa é uma medida compulsória para todos os fabricantes e importadores de pneus, uma evolução da obrigatoriedade do selo de qualidade Inmetro. Quem não realizá-la no prazo estabelecido ficará impedido de comercializar os produtos no varejo”, avalia Tolezano.

A medida foi estabelecida pela Portaria Inmetro nº 544, de 25 de outubro de 2012, que dispõe sobre os Requisitos para o Programa de Avaliação da Conformidade para Pneus Novos. “Aqueles que ainda não estão trabalhando na transição devem começar o quanto antes. O processo para a obtenção da etiqueta é relativamente longo porque demanda empenho com os ensaios”, afirma Joe Tolezano, engenheiro e coordenador técnico do IQA.

Com foco em segurança e desempenho, o programa prevê três avaliações: resistência ao rolamento (eficiência no consumo de combustível), com sete níveis de classificação, de A a G; aderência ao piso molhado (desempenho/ frenagem), com seis níveis de classificação, de A a F; e emissão de ruído exterior (conforto), com três níveis de classificação: baixo (até 69db), médio (70 a 72db) e alto (de 72 a 78db).

Para mais informações, basta contatar o Instituto por meio do telefone (11) 5091-4545.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php