Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Peugeot lança no Brasil a nova versão do crossover 3008

Primeiro carro da Peugeot a oferecer no Brasil o motor THP (Turbo High Pressure), o crossover 3008 chega em sua nova versão com novo design e mecânica atualizada. Agora, o modelo traz a versão do motor 1.6 16V que é capaz de desenvolver 165 cv de potência máxima a 6.000 rpm e torque máximo de 24,5 kgfm disponível às 1.400 rpm.

16424

O motor THP, desenvolvido em cooperação com a BMW, tem 1.598 cm3 de cilindrada, cabeçote composto de 16 válvulas com comando de admissão variável e balancins roletados, e é alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina. É fabricado com bloco em alumínio e teve seus componentes internos trabalhados para reduzir o atrito e com menores folgas, estas conseguidas graças ao alto padrão de usinagem.

O alternador, a bomba de óleo, a turbina do motor, a válvula termostática, a bomba d’água e o comando de válvulas de admissão são pilotados, ou seja, comandados segundo uma estratégia definida eletronicamente pelo módulo da injeção eletrônica, gerando, assim, economia de combustível. Isso, segundo a Peugeot permite um controle muito mais preciso de seu funcionamento, sem desperdícios de energia comuns nos motores convencionais.

A transmissão é composta pela caixa automática sequencial de seis velocidades com conversor de torque pilotado, proporcionando uma condição de tráfego mais seguro principalmente em reduções. A Peugeot explica que, neste tipo de conversor, uma embreagem interna efetua a ligação mecânica entre o motor e a caixa, gerando o efeito de “freio motor”. Assim, o condutor tem a mesma sensação de um carro equipado com caixa de velocidades mecânica: ao retirar o pé do pedal do acelerador, o veículo “freia” pelo motor. Por consequência, há maior economia de combustível, visto que o propulsor, nestas condições, não injeta combustível para ser queimado, e também economia de freios, pois o condutor utiliza uma energia que estaria sendo desperdiçada.

No undercar, o crossover tem suspensão dianteira do tipo pseudo McPherson com barra estabilizadora e molas helicoidais, enquanto a suspensão traseira é composta por uma travessa deformável, molas helicoidais e barra estabilizadora integrada.

16425

Os freios do modelo possuem sistemas ABS (Anti-Bloqueio), ESP (Controle Dinâmico de Estabilidade), REF (Repartidor Eletrônico de Frenagem), AFU (Assistência a Frenagem de Urgência) e ASR (Assistência Antiderrapagem), além de sensores de obstáculo traseiro. Os discos são ventilados nas quatro rodas, e têm 302 mm de diâmetro e 26 mm de espessura. As pinças de freio dianteiras têm pistões com um diâmetro de 57 mm. Já a traseira é equipada com dois discos de 268 mm x 12 mm.

Já o freio de estacionamento é elétrico e é acionado automaticamente quando o motor é desligado, e desligado no momento do arranque. De acordo com a fabricante, um processador em ligação com o ESP gera o esforço para imobilizar o veículo em função da inclinação, permanecendo em vigília para reajustar, se necessário, o esforço de aperto. No caso de uma parada sem corte da ignição, o comando elétrico pode ser acionado manualmente. Para libertar manualmente o freio de mão elétrico é indispensável que o pé pressione o freio. O modelo ainda conta com Hill Assist (Assistência ao Arranque em Rampa), também ligado ao ESP.

A Peugeot informa que o novo 3008 será comercializado no Brasil em versão única de acabamento, denominada Griffe THP, que ainda possui como equipamentos de série a direção eletro-hidráulica com volante regulável em altura e profundidade; vidros elétricos “one touch” com sistema anti-esmagamento em todas as portas; e piloto automático com Regulador e Limitador de Velocidade.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php