manutenção
A Nakata alerta que utilizar graxa específica à base de bissulfeto de molibdênio e manter as coifas protetoras em bom estado podem auxiliar na garantia da durabilidade das juntas homocinéticas. A peça, aliás, tem a função de transmitir torque para as rodas de forma constante, sem variações nem vibrações.

Seus principais componentes incluem coifa protetora, braçadeiras e graxa, sendo que a coifa protetora serve para reter a graxa dentro da junta sem vazar, além de impedir a entrada de resíduos.

“É um item importante já que problemas como trincas, rasgos ou furos podem permitir não só que a graxa vaze ou que impurezas entrem, danificando as juntas homocinéticas”, comenta Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata.

As braçadeiras, por sua vez, fixam e selam as mangas protetoras. Utilizar alicates de corte, martelos ou outras ferramentas inadequadas para fazer o aperto podem cortar a borracha da coifa.

A graxa também merece atenção, visto que o uso do lubrificante inadequado pode comprometer a peça – ele deve ser à base de bissulfeto de molibdênio. “Contaminação ou vazamento da graxa também pode provocar falhas ou desgaste prematuro da junta homocinética”, ressalta Silva.

Quais cuidados tomar

Para elevar a durabilidade das juntas homocinéticas, a Nakata recomenda usar somente graxa especificada, não tentar desmontar e montar de novo uma junta contaminada por sujeira ou umidade e os componentes internos devem estar completamente protegidos de resíduos e umidade por meio da coifa protetora.

Além disso, sempre que for executado algum serviço, deve-se verificar se há rasgos ou rachaduras nas coifas e observar as condições de fixação e selagem das braçadeiras. Se for identificada qualquer anormalidade nas coifas, é necessário analisar o estado da graxa.

Caso esteja com consistência espumosa e coloração leitosa, provavelmente ocorreu contaminação por água e deve-se substituir a graxa e trocar coifas e braçadeiras. Resíduos também precisam ser observados. Caso as homocinéticas tenham sido comprometidas, o correto é substituí-las.