Advertisement




A Nakata alerta sobre as principais causas de desgaste da junta homocinética. O componente serve para transmitir torque, ou seja, força do motor às rodas de forma constante, sem variações e vibrações. A junta homocinética é composta pela junta, coifa protetora, abraçadeiras metálicas e graxa. Todos os itens devem estar em boas condições para manter o carro rodando “Se a junta homocinética quebrar, o veículo simplesmente não sai do lugar”, alerta o gerente de qualidade e serviços da Nakata, Jair Silva.

Silva explica que é necessário evitar trancos nas arrancadas, excesso de carga no carro e desalinhamento nas rodas. Segundo o especialista, o ideal é fazer inspeções periódicas nas juntas homocinéticas, principalmente da coifa protetora. Caso haja algum rasgo ou rachadura na coifa, pode ocorrer contaminação na graxa, deixando-a espumosa ou leitosa devido a água ou áspera quando contaminada por resíduos. As condições de fixação e selagem de abraçadeiras também devem ser observadas.

- Publicidade -
- Publicidade -