Os jovens da geração Millenial, ou geração Y, apresentam maior grau de risco às seguradoras do que os jovens da geração anterior, aponta estudo feito nos Estado Unidos pela TransUnion, empresa de análise de crédito, com base em seu banco de dados.

Hoje quem tem vinte e poucos anos têm uma frequência maior de violações de trânsito, principalmente infrações relacionadas à distração ao volante, e esse número tende a aumentar ainda mais. Além disso, tendem a acumular mais quilometragem em seus veículos, cerca de 22 mil km por ano, mais do que qualquer outra geração. Outro ponto observado pelo estudo em relação a geração, é a maior porcentagem de veículos considerados de alto risco pelas seguradoras.

Em contrapartida, esses jovens acabam desenvolvendo um perfil de risco semelhante ao dos seus pais e avós quando chegam aos 30 anos. Inclusive, a porcentagem de pessoas endividadas nessa geração é menor que nas anteriores, o que nos permite pensar que, embora pareçam arriscados, os “millennials” podem ser um bom investimento de longo prazo para as companhias de seguros.