Mastra fornece dicas sobre troca do sistema de exaustão

A fabricante de escapamentos e catalisadores Mastra oferece algumas dicas para identificar problemas no sistema de exaustão e realizar a troca no tempo certo. De acordo com a marca, quando o carro apresenta excesso de ruído, o proprietário deve ir a uma oficina para diagnosticar o defeito.

A empresa afirma que geralmente os barulhos são caracterizados por sopros de gases, chocalhos no catalisador, som estridente, ressonâncias ao trocar marchas, entre outras. Outro indício de problema ocorre quando o veículo está com baixo rendimento ou com excesso de consumo de combustível.

Outra recomendação é sempre acompanhar a quilometragem do carro, já que a durabilidade mínima de um catalisador é de 40 mil km. Na hora da análise, o mecânico deve procurar por danos ou furos em todo o conjunto. Caso haja corrosões ou danos na estrutura interna dos abafadores e silenciosos, soldar o local rompido não é suficiente para que o fluxo de gases internos seja direcionado da maneira correta, já que afeta a taxa de contra-pressão de trabalho do motor.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php