Advertisement


A Mastra divulga que os catalisadores e escapamentos automotivos serão alguns dos itens analisados durante a Inspeção Técnica Veicular nos veículos a diesel, com início em maio deste ano, na capital paulista. A empresa informa que a inoperância desses componentes reprova o veículo, podendo impedir seu licenciamento e gerar multas. A inspeção para automóveis à gasolina, álcool e GNV (Gás Natural Veicular) tem previsão de iniciar em janeiro de 2009.

Na Inspeção Técnica Veicular (ITV) serão realizadas a inspeção visual e a medição automatizada. Na primeira, será verificado se o motor do veículo está regulado e se há emissão visível de fumaça, vazamentos aparentes e/ou alteração no sistema de escapamento. Caso seja constatada alguma irregularidade, o veículo será rejeitado, não prosseguindo para o segundo procedimento. Após a inspeção visual, o veículo é encaminhado para a medição automatizada, para aferir o nível de ruído do veículo e os níveis de emissão de poluentes. Nesta segunda etapa o sistema de exaustão será verificado.

A inoperância do catalisador reprova o veículo, por isso, no momento de substituir esse componente é preciso ter cuidado para não aceitar peças falsificadas – formadas por apenas uma carcaça com tubo soldado, sem o suporte cerâmico revestido com óxido de alumínio e metais preciosos, que convertem os gases tóxicos. Os falsos catalisadores custam mais barato que os originais, mas não funcionam com sua verdadeira finalidade.