Marcopolo produziu mais de 15 mil ônibus em 2006

A Marcopolo encerrou o ano passado com a produção de 15.670 ônibus em todas suas unidades no mundo, que correspondem a África do Sul, Brasil, Colômbia, México e Portugal. Esse desempenho representa queda de 4,7% ao resultado obtido em 2005, época em que foram fabricadas 16.456 unidades.

O maior destaque foi o crescimento de 22,6% no mercado doméstico e garantiu à montadora a posição de maior fabricante nacional de ônibus, com 39,2% de participação. A empresa também aumentou sua produção em todos os segmentos: urbanos, rodoviários, intermunicipais, além de micro e minis, e totalizou 5.890 unidades contra 4.876 em 2005.

Para Carlos Casiraghi, diretor da unidade de negócio ônibus, o crescimento da produção destinada ao mercado interno no ano passado ocorreu devido à flexibilidade de produção nas unidades industriais da empresa em Caxias do Sul/RS e Xerém/RJ, para responder rapidamente ao aquecimento do mercado.

Outro aspecto favorável está na estratégia da empresa em investir em “vocação” de suas fábricas, concentrando a produção de urbanos em Xerém, na Ciferal, e de rodoviários e micros nas plantas de Caxias do Sul. “Essa decisão e os contínuos investimentos para modernizar os processos de produção possibilitaram que projetássemos as linhas para cada tipo de produto, com ganhos de tempo e de custo”, disse o diretor-geral José Rubens de la Rosa. Segundo a empresa, exemplo disso é o novo ônibus Torino, apresentado ao mercado em dezembro e que já está sendo fabricado na unidade da Ciferal nos padrões Marcopolo de produção.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php