Látex da planta de Dente-de-Leão pode virar fonte de borracha para pneus

Cientistas da Universidade de Müster, na Alemanha descobriram que o látex de Dente-de-Leão produz uma borracha com a mesma qualidade oferecida pela seiva da seringueira. Em nota divulgada pela fabricante de pneus Continental, para ser viável a exploração industrial da borracha natural da planta, bioquímicos identificaram a enzima responsável pela rápida coagulação do látex e, inibindo sua ação, foram capazes de fazer com que a seiva pudesse ser extraída.

De acordo com a Continental, que integra o consórcio de institutos e parceiros que estão dando continuidade às pesquisas da universidade alemã, os pesquisadores estimam que, futuramente, cerca de 1/10 da demanda alemã de borracha poderia ser suprida pelo Dente-de-Leão, que tem um período de crescimento de apenas um ano, da semeação até a colheita, contra os cinco a sete exigidos para o cultivo da seringueira.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php