JR Diesel aplica conceito de reciclagem de caminhões

A JR Diesel, que iniciou suas operações como desmanche de veículos, se reestruturou e hoje trabalha com o modelo de reciclagem de caminhões. De acordo com a empresa, nesse processo, 85% do caminhão é revertido em peças de reposição, 10% em materiais recicláveis e apenas os 5% restantes são descartados. A linha de produtos da empresa engloba cabinas, câmbios, diferenciais, eixos, implementos rodoviários, motores e peças de reposição.

O diretor administrativo da empresa, Arthur Rufino, afirma que o reaproveitamento das peças possibilita a manutenção de veículos a um custo inferior, além da pronta entrega agilizar o retorno do veículo às ruas. “Trabalhamos só com caminhões de leilões oficiais e temos minuciosos processos de análise e reparação, com padrões rigorosos de qualidade”, garante. Arthur buscou o modelo de reciclagem de caminhões em países como a Espanha, onde a reciclagem é lei e os donos dos VFU (veículos fora de uso) são obrigados a dar destino aos “resíduos”.

De acordo com a JR Diesel, foram investidos cerca de R$ 5 milhões em melhorias para a implantação do modelo, como cabines de pintura, reforma do piso, novas empilhadeiras, estruturas para estoque, software, hardware, construções, novos equipamentos, treinamento das equipes, mão de obra especializada, consultorias, regularizações e comunicação.

“Estimamos para 2012 um investimento na casa de R$ 1.000.000,00 em logística, callcenter e e-commerce, o que vai garantir o aumento dessa taxa de crescimento”, diz Rufino, que espera manter a curva de crescimento da empresa. “2011 fechou com o faturamento em torno dos R$ 42 milhões, valor que pretendemos superar em 30% em 2012”, completa.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php