Horse inicia produção de Power Electronics Boxes (PEB) para carros eletrificados

Horse inicia produção de Power Electronics Boxes (PEB) para carros eletrificados - Foto: Divulgação/José Manuel Peral Urbina
Horse inicia produção de Power Electronics Boxes (PEB) para carros eletrificados – Foto: Divulgação/José Manuel Peral Urbina

O PEB integra inversão e conversão de energia, controle e sistemas de resfriamento em uma única unidade

 

A Horse, divisão de motores do grupo Renault, anuncia hoje o início da produção da Power Electronics Box (PEBs) na sua fábrica em Aveiro, Portugal.

A Horse calcula que a unidade de Aveiro deve produzir este ano 60 mil unidades na sua nova linha de montagem. Em 2025, prevê um aumento de produção para 230 mil unidades de PEBs.

(Divulgação/José Manuel Peral Urbina)
(Divulgação/José Manuel Peral Urbina)

 

O PEB é responsável pela gestão dos dois motores elétricos em todos os sistemas híbridos (HEV) e híbridos plug-in (PHEV) da Horse. O dispositivo, que foi atualizado para incluir menos chicotes elétricos, integra diferentes sistemas em uma única unidade. Confira alguns sistemas que integram o PEB:

Inversor/conversor de energia: converte corrente contínua (CC) da bateria do veículo em corrente alternada (CA) para uso dos motores do veículo.

Conversor DC/DC: transforma a energia da bateria de alta tensão em energia de baixa tensão, para uso em vários subsistemas do carro, incluindo luzes, rádio e carga para a bateria menor de 12V.

Eletrônica de controle: fornece regulagem em tempo real para distribuição de energia em todo o veículo, com base na velocidade e aceleração.

Resfriamento: garante que todos os componentes evitem superaquecimento, maximizando a vida útil da unidade e melhorando sua eficiência.

(Divulgação/José Manuel Peral Urbina)
(Divulgação/José Manuel Peral Urbina)

“O início da produção da Power Electronic Box em Aveiro é um momento significativo, pois representa a mudança em direção à componentes eletrônicos em Portugal. Isto aumenta substancialmente a nossa capacidade de produção, garantindo que possamos fornecer tecnologias-chave de veículos híbridos aos nossos clientes em todo o mundo. A linha de produção foi transformada, aumentando a nossa flexibilidade e produtividade, para se firmar como um exemplo da Indústria 4.0, confirmando a nossa posição como fornecedor líder de combustão de baixo carbono e sistemas de motorização híbridos”, destaca Patrice Haettel, CEO da Horse.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php