Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Grupo Comolatti patrocina restauração dos sinos da Catedral da Sé

Há cinco anos com apenas um dos sinos anunciando as missas, a Catedral da Sé vai ganhar a restauração e automatização dos outros 61 badalos de 20 toneladas que compõem o templo. A reparação foi possível graças a uma ação do Grupo Comolatti, que já realizou consertos em igrejas como São Genaro e São Vito, ambas em São Paulo.

A manutenção completa envolveu lavagem, tratamento especial para devolver o brilho ao bronze e implantação de um sistema eletrônico que, por meio de um painel de controle, fará as notas de cada sino ecoarem novamente pelo marco zero da cidade. Além disto, o sistema permite criar uma programação de toques e também das músicas em horários pré-determinados.

A operação iniciada em setembro foi feita pela empresa Santo Dia, especializada neste tipo de recuperação. O proprietário por trás do empreendimento é Marcelo Angeli, um jovem de 26 anos, oriundo da família Angeli, que há mais de um século trabalha na restauração de igrejas e fabricação de sinos.

”O trabalho é muito complexo e tem várias etapas. Só para carregar a água até a torre para a lavagem demoramos quatro dias. Estamos registrando todo o restauro para produzir um vídeo, mostrando o passo a passo do processo”, afirma Marcelo, que já fez vários trabalhos semelhantes em outras igrejas do Brasil, mas nenhum com a mesma magnitude da catedral.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php