A Ford anuncia que foi aprovado o acordo coletivo, definido em conjunto com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, para os funcionários afetados pela decisão global da companhia de deixar de atuar no segmento de caminhões na América do Sul, que resultou no encerramento das atividades da unidade de São Bernardo do Campo/SP.


O acordo inclui os seguintes pontos: Plano de Demissão Incentivada (PDI), apoio psicológico, programa de requalificação profissional com cursos realizados em parceria com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e possível antecipação do encerramento das atividades de manufatura, a qual depende da negociação com um potencial comprador.


A compensação financeira oferecida pela Ford será definida com base na combinação de condições empregatícias (mensalistas e horistas), tempo de trabalho e eventual contratação do funcionário por um potencial comprador da fábrica do ABC. A Ford informa que as conversas com potenciais compradores da unidade continuam.