Fim de falhas na fase fria do motor a diesel; veja quatro benefícios das velas aquecedoras

Componente também confere redução das emissões de fumaça branca

Fim de falhas na fase fria do motor a diesel; veja quatro benefícios das velas aquecedoras
Foto: Niterra/Divulgação

Todos os motores a gasolina, etanol ou a diesel sofrem com a fase fria, exatamente no momento de quando será acionado pela primeira vez. Por isso, para ajudar a melhorar a partida do propulsor é recomendado ter velas aquecedoras, que também fazem a redução das emissões de fumaça branca em motores a diesel. Veja os quatro benefícios das velas aquecedoras para motores a diesel.

 

As velas aquecedoras funcionam quando o motor a diesel está frio e acontece uma perda do calor gerado pela compressão do ar, uma vez que as peças que compõem o propulsor estão frias e absorvem parte desse calor, o que dificulta a queima do combustível e, por consequência, a partida do trem de força. Desta forma, esse componente entra em ação proporcionando uma fonte de calor adicional, como explica Hiromori Mori, consultor de Assistência Técnica da Niterra. “Elas mantêm essa temperatura por um período de três a cinco minutos após a partida, assegurando, assim, o funcionamento suave e confiável do motor e prevenindo possíveis falhas decorrentes das baixas temperaturas”.

Fim de falhas na fase fria do motor a diesel; veja quatro benefícios das velas aquecedoras
Foto: Niterra/Divulgação

Vale mencionar que as velas aquecedoras têm uma aplicação específica dependendo da geração do motor a diesel. Nos propulsores com mais idade acontece esse componente é acionado assim que há a partida do motor. Já nos modelos mais novos, que têm controle eletrônico, o sistema monitora a temperatura do conjunto motriz e aciona as velas apenas quando necessário, evitando o consumo desnecessário de energia. 

Portanto, é válido afirmar que os quatro benefícios são;
1 – Facilidade de partida a frio
2 – Diminuição da emissão de fumaça branca
3 – Queda das emissões de poluentes
4 – Redução da possibilidade de falhas na fase fria do motor

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php