O grupo Freudenberg registrou crescimento orgânico de 4,3%. Segundo dados da empresa, as vendas totais em 2018 cresceram para € 9,45 bilhões (ano anterior: € 9,34 bilhões), com base no IFRS, sendo que 40% do seu faturamento é proveniente do setor automotivo. O lucro operacional foi de € 910,3 milhões, ligeiramente acima do total registrado no ano anterior, de € 905 milhões.


O grupo automotivo da Frendenberg é formado pelas empresas: Chem-Trend, EagleBurgmann, Freudenberg Filtration Technologies, Freudenberg Performance Materials, Freudenberg-NOK,  Klüber Lubrication, SurTec e Vibracoustic.


As vendas na América do Sul permaneceram estáveis em reais em torno de R$ 1 bilhão, o que representa aproximadamente € 239 milhões. Comparado com o ano anterior, o faturamento no Brasil cresceu 9,9% em moeda local, alcançando R$ 874 milhões, mas foi impactado pela variação do Euro médio no período, em torno de 18%.


Para a empresa, os crescentes investimentos e atividades em eletromobilidade são fatores importantes em seu crescimento. A multinacional está atuando em inovações para todos os tipos de sistemas de acionamento, incluindo híbridos, células de combustível e motores de combustão interna.