F-Truck: Dobradinha da Mercedes-Benz leva final para Brasília

A nona e penúltima etapa do campeonato, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba/PR neste domingo à tarde (15/11), foi uma das mais movimentadas da temporada 2009. O que poderia ser a definição antecipada do campeão acabou levando a decisão para a etapa final, em Brasília, marcada para o próximo dia 13 de dezembro, com quatro pilotos na briga pelo título e em condições mais equilibradas.

O maior vencedor em Curitiba foi o paranaense Wellington Cirino, que antes da prova estava praticamente conformado com a perda do campeonato, mas venceu a corrida, subiu para a terceira posição no campeonato e ampliou suas chances de brigar pelo seu quinto título na categoria. Para completar a felicidade da equipe ABF Mercedes-Benz, o segundo lugar no pódio ficou com o brasiliense Geraldo Piquet, configurando a segunda dobradinha da Mercedes-Benz este ano. “A equipe trabalhou bastante para chegarmos a um bom resultado aqui em Curitiba. Eu sabia que eu e o Geraldo tínhamos caminhões para chegar bem ao final da corrida”, disse Cirino ainda um pouco emocionado com a vitória, a sua primeira este ano e a segunda no circuito paranaense.

A corrida começou tumultuada, pois quando foi autorizada a largada Roberval Andrade, que ocupava a terceira posição no grid foi tocado e rodou no meio do bolo de caminhões. A corrida prosseguiu normal com Felipe Giaffone na liderança, mas antes dele chegar ao final da reta foi ultrapassado por Leandro Totti, que havia ocupado o segundo lugar no grid. Roberval Andrade, por sua vez, teve o caminhão bastante prejudicado entrou no boxe, perdeu tempo com reparos, e retornou para a pista, porém ainda sem condições de prosseguir na competição e logo retornou ao boxe com um pneu dianteiro furado. Na segunda volta, Totti parou e Giaffone reassumiu a liderança da corrida, mas na nona volta seu caminhão começou a soltar fumaça da parte superior do motor, ficou lento, perdeu posições e abandonou a corrida, ampliando as chances de Cirino na briga pelo título.

Valmir Benavides assumiu a liderança da corrida seguido de perto por Wellington Cirino, Geraldo Piquet, Beto Monteiro e Adilson Cajuru, que havia largado na 18ª posição e antes da metade da prova já brigava na quinta posição. Benavides conquistou os cinco pontos da Bandeira Amarela Programada e reassumiu a liderança do campeonato. No reinício da corrida, Cirino fez a ultrapassagem sobre Benavides na força do motor no retão de 900 metros do autódromo Curitiba. Na volta seguinte foi a vez de Geraldo Piquet também superar o novo líder do campeonato, deixando-o na mira de Beto Monteiro, que algumas voltas depois conseguiu também fazer a ultrapassagem, tirando-lhe a terceira posição.

Na 19ª volta, o caminhão de Renato Martins se transformou numa bola de fogo na reta dos boxe e parou. O piloto conseguiu sair sem ferimento, mas o acidente interompeu a corrida com a entrada do Pace Truck na pista. Na relargada, Benavides queimou a largada e chegou a assumir a primeira posição, porém teve de devolvê-la  imediatamente, o que não o livrou da penalidade. O piloto deveria passar pelos boxes, o que ele acabou não fazendo por falta de tempo, porque a corrida estava no seu final, mas Benavides recebeu penalização de 20 segundos e caiu da quinta para a 10ª posição no resultado final da corrida.

Além da equipe Mercedes-Benz, que comemorou o renascimento no campeonato, a festa em Curitiba se estendeu também à equipe Scuderia Iveco, que além de receber o troféu de Melhor Equipe da etapa viu o piloto Beto Monteiro ocupar o terceiro lugar no pódio, além de Fred Marinelli, em quinto, que apesar de ser de outro time, também corre com caminhão da marca. “Trabalhamos duro no motor e acho que logo poderemos brigar com os caminhões que andam na ponta. Falta pouco”, disse Monteiro.

Uma particularidade da prova de Curitiba é que pela primeira vez na temporada de 2009 nenhum piloto com caminhão Volkswagen subiu ao pódio. O melhor resultado da equipe na etapa foi o sétimo lugar de Débora Rodrigues, que ajudou a dar o título do Campeonato de Marcas à Volkswagen.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php