Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Especialista da Nakata dá dicas para instalação dos amortecedores

Considerado como parte fundamental da suspensão do veículo, o amortecedor requer alguns cuidados dos reparadores no momento da aplicação do componente. “É necessário atenção na hora de instalar os amortecedores para garantir o pleno funcionamento das peças e também não comprometer a qualidade do trabalho”, afirma Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata.

20188

Para a correta instalação, a primeira recomendação de Silva é não esquecer, em hipótese alguma, de equalizar ou escorvar os amortecedores antes de aplicá-los no veículo. “Este é um dos segredos para que os componentes funcionem adequadamente”, ressalta.

Outros danos, como ruídos e até mesmo problemas mais graves ao trafegar com o veículo, tomando cuidado de verificar se o amortecedor é o adequado para o veículo. “Há amortecedores parecidos fisicamente, porém com cargas de tração e compressão muito diferentes”, explica o gerente.

Após efetuar a equalização da peça (vide certificado de garantia), ele lembra que é essencial manter o amortecedor sempre na posição vertical.

É importante verificar o estado de outros componentes do sistema de suspensão, como pivôs, terminais, bandejas, buchas e coxins. “Se um desses componentes estiver danificado ou desgastado influenciará no resultado da performance dos amortecedores”, comenta Silva, acrescentando que as condições das molas também podem comprometerem todo o sistema de suspensão, pois são elas que determinam a altura adequada do veículo.

Coxins, batentes e calço da mola devem ser substituídos preventivamente.

Ele também alerta: “Para dar o torque na porca, a haste jamais deve ser travada com alicate, evitando, assim, danos nas peças”. E, para finalizar, é preciso aplicar o torque final com as rodas apoiadas no chão e, em seguida, fazer o alinhamento da direção.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php