Batendo recorde de público, a edição 2019 da maior feira do setor de reposição na América-Latina não passou um dia com a sensação de vazia

por Raycia Lima
fotos Alexandre Villela, Fernando Lalli, André Schan e Leonardo Barboza

Com números próximos ao público de uma final de Copa do Mundo no Maracanã, a Automec 2019 bateu recorde, totalizando 75 mil visitantes em seus cinco dias de feira. Os expositores vislumbravam e comemoravam esses números logo no primeiro dia, pois a maioria das empresas presentes destacou que o movimento do dia 23 de maio foi maior do que o esperado.

 

A 14ª Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços ocupou todos os espaços dos oito pavilhões e, ainda, boa parte da área externa do São Paulo Expo. Dentro do complexo, mais de 1.500 marcas nacionais e internacionais aproveitaram o contato direto com os visitantes que preenchiam os estandes.

 

Segundo a organizadora Reed Exhibitions Alcântara Machado, as rodadas de negócios nacionais e internacionais contaram com 62 mil pessoas que somaram R$ 77 milhões.

 

Companhias do Brasil, Argentina, Alemanha, Estados Unidos, França, China, México, Peru, Romênia, Paquistão, Coreia do Sul e Turquia prestigiaram o evento, que viu seus corredores amontoados de interessados em conhecer mais, principalmente, das tecnologias que estão por vir, como por exemplo, peças e componentes para carros elétricos e híbridos.

 

 

CONTEÚDO TÉCNICO E INFORMAÇÃO

 

A Revista O Mecânico sempre com o intuito de levar conteúdo técnico ao amigo mecânico esteve presente com esse objetivo na Automec 2019. Foram palestras de pelo menos 45 minutos, tanto teóricas quanto práticas, realizadas em todos os dias da 14a edição da Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços.

 

Nas salas de aula, mais de 600 pessoas conseguiram absorver conhecimento e esclarecer possíveis dúvidas diretamente com os técnicos de empresas renomadas do setor de reposição. A Delphi Tecnologies palestrou sobre ignição eletrônica. Já o tema a Hengst foi, Filtros: Tecnologias e Aplicações. A KYB deu dicas e falou sobre suspensão automotiva, inclusive com palestras práticas, enquanto a Tecfil explicou sobre filtros e sistemas de filtragem. Ao final de cada palestra, os mecânicos receberam certificado de participação.

 

 

DELPHI

 

Coordenador de Atendimento ao Cliente da Delphi Tecnologies, Pedro José Valêncio Junior, explicou que em sua palestra sobre ignição eletrônica o foco foi apresentar os produtos da marca como: bobinas, cabos e velas. Valêncio comenta que mostrar os diferenciais e as aplicações de cada produto foi essencial para espalhar informações. Ele fala ainda que os componentes da Delphi atendem hoje 80% do mercado nacional, mostrando a versatilidade da empresa em atingir vários nichos dentro do segmento. O número de mecânicos em suas palestras também positivo: “Em todos os dias a sala permaneceu lotada. O público teve muito interesse na nossa novidade que são as velas. Eles também ficaram surpresos com nosso comprometimento em diminuir a emissão de poluentes”. O palestrante ainda falou sobre as tecnologias para carros híbridos e componentes da injeção eletrônica.

 

 

Palavra do Mecânico:

“Na palestra foi apresentado alguns materiais que eu não conhecia, como por exemplo as velas de ignição que inclusive já estão no mercado. Tirei algumas dúvidas também sobre as bobinas de ignição da GM e sobre o procedimento de aterramento. Muita gente fala que não precisa fazer o aterramento e na aula vi que realmente é necessário”


Rudnei Lerman – Dono da Oficina Mecânica RudCar
Parobé – RS
33 anos

 

HENGST

 

Especialista em filtros, a Hengst levou para a Automec Experience o assistente técnico, Marcelo Schoroeder, para comentar sobre como a empresa busca por alternativas ecologicamente corretas em seus produtos. Schoroeder explica que a fabricante de filtros está substituindo sua linha de filtros. “Iremos substituir os filtros blindados pelos sustentáveis, que fazem uso de uma tecnologia de cartucho e são fabricados totalmente em plástico”.

 

O técnico mostrou aos mecânicos na palestra algumas inovações da linha leve e linha pesada, além de apresentrar o processo de fabricação e tecnologia usado nas fábricas da marca. O que chamou atenção de Marcelo foi os maus hábitos que os mecânicos assumiram ter: “Fiquei espantado quando eu os perguntei sobre quem já bateu ou passou uma água no filtro de ar. A maioria assumiu que infelizmente comete essa prática, mesmo não sendo recomendada”. Os mecânicos, que lotaram todos os dias a sala, foram convidados a ir ao estande da Hengst e conhecer de perto cada produto do portfólio da empresa.

 

 

Palavra do Mecânico:

“Trabalho há muitos anos com a linha leve, gasolina e diesel leve, e sempre que posso aproveito essas feiras para esclarecer algumas dúvidas de tecnologias mais modernas. Hoje, por exemplo, tinha uma dúvida sobre um tipo de manta que a Hengst tem que faz a filtragem do combustível. O Marcelo conseguiu me explicar melhor como ocorre esse processo, o que possibilita que eu consiga já fazer uso dela na minha oficina.”


Gilmar Contezini – Mecânica Trekking
Curitiba/PR

 

KYB/Kayaba

 

Mostrar a força da KYB em um mercado tão disputado como o de amortecedores foi um dos focos da palestra do Coordenador Técnico da empresa, Alexandre Parise. Foram esclarecidas dúvidas sobre a atuação da multinacional no Brasil e no mundo. Parise também deu ênfase em mostrar aos mecânicos como a comercialização de amortecedores no mercado atual vêm se modificando e mostrar a eles qual a maneira mais eficaz de realizar esse tipo de venda. Conteúdo técnico também foi passado focando em mostrar ao vivo e à cores cada parte do componente. Na aula prática, o Coordenador deu dicas embaixo de um carro sobre montagem dos amortecedores, qual tipo de ferramenta usar, torque e outras sugestões técnicas. “Na Automec os mecânicos tinham bastante dúvidas sobre como instalar e verificar os componentes acessórios do amortecedor, e colocando a mão na massa, eu consegui ajudá-los a desempenhar esse trabalho da melhor forma”, comentou o técnico.

 

 

Palavra do Mecânico:

“A palestra prática foi essencial para finalizar a série de aprendizados! Com ela, o técnico da Kayaba conseguiu esclarecer alguns mitos de oficina e erros que cometemos no manuseio de componentes. Coisas do tipo, que falhas no ABS podem ser causadas pelo amortecedor é algo que nem passava pela minha cabeça.”


Jaiton Macedo Dias D’Avila
Salvador – Bahia
21 anos na área

 

TECFIL

 

Com um público qualificado, a palestra da Tecfil caiu como uma luva já que foi voltada para o profissional que já atua ou tem entendimento da área, comenta o Gerente de Assistência Técnica, Roberto Rualonga. Passar a importância de fazer a troca preventiva dos filtros do veículo foi o tema central na explicação do profissional da Tecfil, ele destacou que o produto da empresa tem duas vantagens quanto aos concorrentes: é original e sua fabricação é nacional. Apesar da Automec ter todo o tipo de público, a empresa explica que nessas palestras sempre é necessário ponderar o linguajar técnico para não confundir o público. A empresa ressalta como e o porquê de instalar o filtro de forma preventiva é essencial para evitar problemas futuros. Rualonga ainda destacou a importância de palestras técnicas em feiras do setor. “Buscamos nas feiras que participamos sempre agregar treinamento aos mecânicos. Não basta mostrar só novidades da Tecfil, é necessário também ajudar o nosso cliente (o mecânico) a estar cada dia mais atualizado no mercado”.

 

 

Palavra do Mecânico:

“Essas palestras conseguem nos trazer o que mais precisamos que é a atualização. O que eu vejo no nosso setor quanto dúvidas sobre filtros é sobre o prazo de troca. O técnico da Tecfil conseguiu esclarecer isso com detalhes e principalmente nos instruindo a fazer a troca preventiva.”


Marcelo Laurindo
São Paulo/SP
Autopeças Conquista

 

GALERIA DE FOTOS