ZF apresenta um supercomputador automotivo o qual é utilizado por um robô-taxi totalmente operacional

Por: Edison Ragasso de Las Vegas

Entre os dias 08 a 11 de janeiro, em Las Vegas, nos Estados Unidos, aconteceu o maior encontro de empresas e desenvolvedores de tecnologia para todos os segmentos de negócios.

 

Companhias gigantes de tecnologia como a Samsung, Sony e TCL, entre outros produtos, mostraram TVs com definição de imagem 8K. A LG aproveitou para apresentar o aparelho de TV que pode ser enrolado como um tapete, o que facilita não só a locomoção, mas também a maneira de utilizá-lo. A transmissão de dados no sistema 5G também apareceu com destaque no evento norte-americano.

 

Por tratar-se de uma feira de tecnologia, a empresa alemã ZF marcou presença entre os expositores sistemistas e desenvolvedores de tecnologia para o setor automobilístico.

 

Uma das novidades mostradas é o supercomputador ZF ProAI RoboThink. Ele lembra uma unidade de gerenciamento encontrada nos veículos atuais, mas só lembra! Tem capacidade para processar 600 trilhões de operações de cálculo por segundo (600 teraOPS) é o equivalente a 30 smartphones Apple iPhone XS operando ao mesmo tempo.

 

Esta central, em conjunto com sensores desenvolvidos pela empresa, faz com CES 2019 confirma que o carro autônomo é uma realidade ZF apresenta um supercomputador automotivo o qual é utilizado por um robô-taxi totalmente operacional que a análise ocorra em tempo real. O veículo reage as situações de tráfego normal ou complexo, o que torna o modelo autônomo uma realidade para fazer entregas, ou até mesmo ser um taxi sem motorista (conceito Mobility-as-a-Service: mobilidade como serviço).

 

COMO FUNCIONA

 

Para fazer o veículo se mover sem a necessidade de um ser humano controlá-lo, e atender um chamado feito por aplicativo de celular a empresa desenvolveu soluções de sistema totalmente em rede, baseadas no ZF Cloud. Elas conectam o veículo à IoT (Internet das Coisas), assim atende aplicativos de clientes, como sistemas de pagamento ou serviços de transporte porta-a-porta.

 

 

A materialização de todas estas tecnologias foi demonstrada em Las Vegas na forma de um robô-táxi. O modelo montado em uma van com motor movido a diesel, sem pedais e volante é totalmente operacional. O usuário solicita o transporte por meio de um aplicativo de celular. Ao entrar na cabine, o painel totalmente digital exibe ícones que representam destinos. Ele escolhe para qual lugar quer ir como o supermercado, escola, aeroporto, entre outros. A partir daí ele faz tudo sozinho, inclusive dá passagem a veículos de emergência ao ouvir o som da sirene.

 

 

Apesar de pronta, a van robô-taxi ainda não tem data definida para entrar em operação, porém o e.GO PeopleMover, desenvolvido em conjunto com a start-up alemã e.GO Mobile e comercializado através da joint venture e.GO Moove GmbH, entra em produção este ano.

 

Não há previsão destes modelos serem testados no Brasil, mas a ZF acompanha todas as movimentações e evoluções globais do segmento de mobilidade autônoma e, assim que o mercado local mostrar que tem esta necessidade, eles estão prontos para atender.