fbpx


Rerrefino de lubrificante usado

Lwart Soluções Ambientais destaca que rerrefino corresponde por 18% da demanda nacional por lubrificantes

A Lwart Soluções Ambientais promove a coleta e rerrefino de óleo lubrificante usado contaminado, com foco na conscientização e ação em prol do meio ambiente. Segundo a empresa, esse trabalho resulta na produção de óleos básicos de alto desempenho, do Grupo II.

A companhia comenta que, em 2020, foram coletados no Brasil mais de 450 milhões de litros de óleo lubrificante usado em diferentes fontes geradoras, como postos de gasolina, oficinas, concessionárias e gerados em máquinas industriais nos mais variados setores, do agronegócio à mineração.

Importância do refino do lubrificante usado

O óleo lubrificante usado é um resíduo Perigoso Classe I, segundo a NBR-10004, uma vez que os danos à saúde e ao meio ambiente, se destinado incorretamente, são significativos.

- Publicidade -

Para se ter uma ideia, segundo a AMBIOLUC, entidade que representa o setor, um único litro de óleo lubrificante usado é capaz de contaminar 1 milhão de litros de água. Além disso, para cada 10 litros queimados são gerados 20 gramas de metais pesados prejudiciais à respiração humana.

O óleo lubrificante é composto por uma grande parcela de óleo mineral, que recebe aditivos para melhoria do seu desempenho. Este óleo mineral presente na sua composição não se degrada durante o uso nas máquinas e motores.

Por esse motivo, é possível, por meio do processo de rerrefino, separar o óleo mineral contido no óleo lubrificante usado dos demais componentes, como água, aditivos degradados e outros tipos de óleo e combustíveis, recuperando-o incontáveis vezes. 

A fábrica da Lwart permite que o rerrefino aproveite praticamente 100% do óleo lubrificante usado que entra no processo industrial. Além de extrair o óleo básico mineral, o processo trata a água presente no resíduo e, ainda, transforma suas frações em subprodutos, como combustível gerador de calor para a própria unidade de fabricação.

- Publicidade -

A empresa destaca que para abastecer o mercado interno, o rerrefino responde por 18% da demanda nacional, algo em torno de 301 milhões de litros produzidos a partir desse segmento. Outros 40% são produzidos pela Petrobrás, enquanto a maior parcela, de 42%, ainda é fruto de importação.