A Cofap alerta para manutenção preventiva de pastilhas de freio. Segundo a empresa, o indicado é que os itens sejam verificados periodicamente, a cada 5 mil quilômetros, a fim de que o mecânico acompanhe o nível de desgaste do componente, evitando assim problemas de frenagem.

A fabricante explica que as pastilhas de freio devem ser substituídas sempre que atingirem espessura mínima de 3mm do material de atrito ou quando ocorrer desgaste irregular e também quando se perceber qualquer deficiência durante as frenagens.

Durante a troca do componente, a Cofap lembra que é imprescindível observar as condições dos discos de freio. Caso a peça apresente sulcos profundos, rebarbas, empenamento ou espessura abaixo da mínima indicada pelo fabricante do veículo, ela deve ser substituída. Outro fator importante durante a instalação das pastilhas é verificar se não há presença de graxa, óleo, fluido de freio ou qualquer outro material que possa prejudicar o atrito das pastilhas com os discos de freios.